Quarta-feira, 19 de Junho de 2019
Notícias

Após ameaça de agressão física, Luiz Castro aciona a Justiça

O presidente da Câmara de Coari, Iranílson Medeiros, disse que dará um soco na cara do parlamentar quando o encontrar



1.jpg Iranílson Medeiros foi prefeito tampão de Coari
05/05/2015 às 17:39

CONFIRA O VÍDEO DA AMEAÇA

O deputado Luiz Castro (PPS), em discurso na Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) nesta terça-feira (5), informou que está tomando as medidas jurídicas cabíveis para que as ameaças contra ele, feitas pelo presidente da Câmara de Coari, Iranílson Medeiros (DEM), na semana passada, sejam apuradas. Castro vai encaminhar o vídeo com a ameaça ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) e ao Ministério Público Estadual (MP-AM).

“Nenhum discurso insano com ameaças de agressão física, vai me intimidar ou impedir que eu continue lutando contra a corrupção e a pedofilia", declarou o parlamentar, na tribuna da Casa.

Na sessão do dia 29 de abril, em discurso na tribuna da Câmara Municipal, o vereador Iranilson Medeiros ameaçou agredir fisicamente o deputado. A coluna Sim&Não noticiou o episódio.

Em seu discurso na ALE-AM, o deputado Luiz Castro disse que mais uma vez é alvo de ameaças por ousar confrontar o esquema de corrupção que age no município e se que alimentava dos royalties da exploração de gás natural. Segundo Luiz Castro, "o discurso desequilibrado do vereador deixa claro que não se trata de questão política, mas de um aviso do crime organizado".

“Nunca tratei adversário político com violência. Não concordo com os métodos intimidatórios e truculentos, por isso não responderei, descendo a esse nível”, afirmou. As palavras de baixo nível proferidas pelo vereador, de acordo com o deputado, ferem os princípios da conduta básica de convivência  política e ofendem a todo o Parlamento Estadual.

Luiz Castro recebeu a solidariedade dos deputados Serafim Corrêa (PSB), Bosco Saraiva (PSDB), Sabá Reis (PR), José Ricardo (PT), Dermilson Chagas (PDT), David Almeida (PSD), Adjuto Afonso (PP) e Abdala Fraxe (PTN). Castro desagravou também o deputado Abdala Fraxe, que TAMBÉM foi ameaçado pelo vereador de Coari.

O deputado afirmou também que continuará lutando pelo resgate da dignidade da população de Coari  e pelos direitos de crianças e adolescentes do município.

Ameaças

Ao chamar Luiz Castro de "deputadozinho de meia tigela” e dizer que o dedo dele é “sujo de lama” porque ele já foi prefeito de Envira, Iranílson Medeiros afirmou que está preparando um dossiê contra o parlamentar. “Eu estou preparando um dossiê, e eu quero, senhor presidente, que esse pronunciamento vá até o gabinete desse deputado, para ele respeitar o povo de Coari”, disse;

“Quem é você, deputado? Apontar o dedo sujo de lama. Seu sogro também foi pego na pedofilia. Vossa Excelência, esse deputado, ele foi prefeito do Envira, tem rabo de palha também, é um podre, é um sujo”, completou.


"Respeite o povo de Coari! Eu ainda vou te encontrar um dia na rua, e o primeiro murro que eu vou dar em cima da tua cara é pelo povo de Coari, pode ter certeza disso. Isso não vai ficar impune não. Eu não tenho medo de ti deputado. Respeite. Eu vou te encontrar em shopping, meio de rua, onde eu te encontrar", disparou o vereador, em discurso inflamado no plenário da Câmara Municipal.

"Mas o primeiro murro vai ser na cara, quando tu cair, eu eu vou ser o José Aldo, montar em cima e dizer assim: esse aqui é pela minha família, é pela minha honra, seu crápula, seu cretino”, prosseguiu.

No fim do seu discurso, Iranílson Medeiros repetiu a frase  que ficou famosa na sua passagem pela Prefeitura de Coari. "Ao Agora eu digo, como eu disse para os professores: acabou a putaria".

Receba Novidades


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.