Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
20190318135444456521i_46B70F2A-976A-4248-989D-ACCD102A6E66.jpg
publicidade
publicidade

MARIELLE

Após antigo delegado ir para fora do país, novo assume caso Marielle e Anderson

O delegado Daniel Rosa vai assumir a Divisão de Homicídios do Rio e as investigações dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes


20/03/2019 às 09:17

O delegado Daniel Rosa vai assumir a Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro e as investigações do duplo assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Daniel Rosa substitui o delegado Giniton Lages que, a convite do governador Wilson Witzel, foi fazer um intercâmbio de quatro meses na Itália sobre máfia e crime organizado e também preparar um programa para a vinda de policiais italianos ao Rio. 

Foi sob o comando de Giniton que foram presos Ronnie Lessa e Élcio Vieira de Queiroz, acusados, respectivamente, de matar e dirigir o carro do atentado a Marielle e Anderson.

publicidade

Daniel Rosa estava à frente da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense desde a Intervenção Federal no Rio, no ano passado, e foi assistente dos delegados Rivaldo Barbosa e Fábio Cardoso, na DH do Rio.

Transferência

Ronnie Lessa e Élcio Vieira de Queiroz permanecem presos no Complexo de Bangu, na Zona Oeste do Rio, e aguardam transferência para um presídio federal.

publicidade
publicidade
Acusado de matar Marielle e Anderson vai responder por comércio ilegal de arma
Polícia e MP cumprem mais 16 mandados de busca relativos ao caso Marielle
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.