Publicidade
Cotidiano
Comunicado

Após explosões, Samsung diz que vai parar a venda e a troca do Galaxy Note 7

A empresa pediu que todos os consumidores do Note 7 original, ou que tenha passado por recall, que parem de usá-lo imediatamente 10/10/2016 às 20:26
Show t
A empresa começou a investigar relatos de mais incêndios em dispositivos substituídos (Reprodução)
Se Young Lee (Reuters) Seul

A Samsung Electronics disse nesta terça-feira (10) na Coreia do Sul que pedirá a todos os parceiros globais que parem de vender e trocar os celulares Galaxy Note 7. A empresa começou a investigar relatos de mais incêndios em dispositivos substituídos.

A empresa coreana pediu, por meio de um comunicado, que todos os consumidores que estejam usando um smartphone Galaxy Note 7 original, ou que tenha passado por recall, que desliguem o aparelho e parem de usá-lo imediatamente.

Após os primeiros casos de explosão, a Samsung tentou resolver o problema com recall dos produtos, mas não foi suficiente para impedir a ocorrência de novos incidentes, agora envolvendo também os modelos mais “seguros”, que já haviam sido trocados.

A fabricante também solicitou que todas as vendas do smartphone sejam interrompidas até que uma investigação profunda acerca das combustões espontâneas seja concluída. Quem já tem um Note 7 foi orientado a devolvê-lo na loja em que fez a aquisição em busca de um reembolso ou troca por um outro aparelho.

Publicidade
Publicidade