Publicidade
Cotidiano
SEGURANÇA

Após 'falta coletiva', SSP anuncia 150 novas viaturas policiais para municípios do AM

Órgão informou que entrega deverá ser feita nos próximos dias. Além das viaturas, SSP anunciou instalação de base contra o tráfico na região do Encontro das Águas 15/03/2018 às 20:20
Show viaturas
Foto: Arquivo/AC
acritica.com Manaus (AM)

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas anunciou nesta quinta-feira (15) a distribuição de 150 novas viaturas aos municípios do Amazonas. O órgão informou que a entrega dos veículos deve ser feita nos próximos dias.

Além da distribuição de viaturas, o órgão anunciou a instalação de uma base para o combate ao tráfico e pirataria nos rios instalada na região do Encontro das Águas, ainda no mês de março.

O anúncio acontece no dia em que os praças da Polícia Militar do Amazonas encerraram a greve da categoria, após o governador Amazonino Mendes prometer atender as demandas da categoria, entre elas a data base e a lei das promoções. Eles estavam paralisados desde a noite dessa quarta-feira (14).

Ampliação de recursos

Secretários de segurança de todo o país se reuniram nesta quinta-feira (15), em Brasília (DF), para solicitar mais recursos do governo federal para o setor. Uma carta com 15 reivindicações foi entregue durante encontro no Ministério Extraordinário da Segurança.

Na avaliação do vice-governador e secretário de Segurança Pública do Amazonas, Bosco Saraiva, a reunião foi o pontapé para a discussão de medidas que tragam o apoio que os estados precisam para enfrentar o crescimento da violência e, principalmente, do tráfico de drogas.

O secretário de inteligência do Amazonas, Herbert Lopes, também participou do encontro ao lado de Bosco Saraiva. A reunião foi conduzida pelo secretário executivo do Ministério da Segurança Pública, general Santos Cruz. O ministro Raul Jungmann que iria comandar o encontro foi ao Rio de Janeiro por causa do assassinato da vereadora Marielle Franco.

Entre outras reivindicações, os secretários de segurança do Brasil pediram a criação de um Fundo Nacional de Segurança Pública, com repasses nos moldes do SUS, além da aprovação de uma PEC estabelecendo a transferência de 10% das arrecadações das loterias federais para financiar investimentos.

No encontro, defendeu-se a desburocratização e integração das bases de informação da segurança pública, a criação de um Banco Nacional de Organizações Criminosas, um sistema integrado de identificação civil e criminal, a padronização da divulgação das estatísticas de violência e o estabelecimento de atas nacionais e internacionais de registro de preços para aquisições do setor.

Para Saraiva, os estados precisam de mais apoio financeiro para investir em novas tecnologias, reequipar as polícias e conseguir responder com mais rapidez e efetividade o crime.

Novos presídios

A pauta também incluiu o sistema prisional, pleiteando desburocratização e celeridade na análise e aprovação de projetos de reforma e construção de novos presídios e a implantação pelas operadoras de telefonia de um sistema de bloqueio de sinal de telefone e internet nos presídios.

Publicidade
Publicidade