Domingo, 23 de Fevereiro de 2020
TERRA INDÍGENA

Após recuar sobre exploração de R. Serra do Sol, Bolsonaro diz esperar que ‘STF acorde’

O presidente eleito voltou a defender a “integração” dos povos indígenas à sociedade e o uso de exploração das terras deles



14__BE30F0CE-05A9-4007-A976-B290E3E2204C.jpg Foto: Reuters
19/12/2018 às 11:16

O presidente eleito Jair Bolsonaro reconheceu ontem (18) a dificuldade em torno de revisar a exploração de reservas indígenas no Brasil, mas também disse esperar que em algum dia o Supremo Tribunal Federal (STF) permita o uso dessas áreas.

Citando especificamente a reserva Raposa Serra do Sol, em Roraima, Bolsonaro voltou a defender a “integração” dos povos indígenas à sociedade, afirmando que é isso que deseja para todos os índios do país. “Quem sabe um dia o Supremo acorde para isso, né, e nos ajude a fazer com que essas reservas possam e venham a ser exploradas com responsabilidade, obviamente, em benefício do próprio povo indígena”, disse Bolsonaro em transmissão ao vivo em uma rede social.



Na segunda-feira (17), ao discursar em evento na Baixada Fluminense, o presidente eleito reiterou o desejo de repensar a demarcação de terras indígenas no país e voltou a falar na possibilidade de exploração racional da reserva Raposa Serra do Sol, um tema recorrente desde a campanha eleitoral.

“Área mais rica do mundo. Você tem como explorar de forma racional. E no lado do índio dando royalties e integrando o índio à sociedade”, disse.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.