Exportação

Após três meses, China retira embargo e libera entrada de carne bovina do Brasil

Embarques para o país asiático estavam suspensos desde o dia 4 de setembro. China é o maior comprador da carne brasileira

Portal A Crítica
15/12/2021 às 12:24.
Atualizado em 08/03/2022 às 19:43

(Foto: Divulgação)

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informou no início desta quarta-feira (15) que a China retirou o embargo à carne brasileira. Com isso, a certificação e o embarque da proteína animal para a China serão normalizados e podem ser retomados a partir de hoje. 

Os embarques para o país asiático estavam suspensos desde o dia 4 de setembro, quando o Brasil identificou e comunicou dois casos da Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), registrados em Nova Canaã do Norte (MT) e em Belo Horizonte (MG).

“A suspensão foi feita pelo Brasil em respeito ao protocolo firmado entre os dois países, que determina esse curso de ação no caso de EEB, mesmo que de forma atípica”, diz a nota do Mapa.

A OIE, que é a organização internacional que acompanha a saúde animal, analisou as informações prestadas em decorrência dos dois casos de EEB atípica e afirmou que o status do Brasil para a doença era “insignificante”.

Em novembro, a China já havia liberado alguns lotes de carne bovina brasileira que receberam a certificação sanitária nacional até o dia 3 de setembro de 2021. 

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por