Publicidade
Cotidiano
Notícias

Apple lança nova geração do iPhone e novo relógio inteligente em evento especial nos EUA

Além dos novos modelos do smartphone que é o carro-chefe da empresa, a Apple inovou também com a criação do relógio virtual Apple Watch e de um novo sistema de pagamento que promete substituir os cartões de crédito e débito, o Apple Pay 09/09/2014 às 16:23
Show 1
Apple apresenta o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus
Renildo Rodrigues e Mônica Dias Manaus (AM)

Com uma apresentação mais grandiosa do que qualquer outra na história da Apple, a nova geração de modelos iPhone foi apresentada mo início da tarde desta terça (9), em Cupertino, no estado americano da Califórnia. Com dois novos modelos, o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus, a empresa investe pesado para combater a ascensão da Samsung no mercado de smartphones.

Mais fino do que qualquer outro modelo da marca (míseros 6,9 milímetros de espessura), mas com uma tela maior que a da geração anterior, sendo 12 centímetros no modelo 6 e 14 centímetros na versão Plus (para efeito de comparação, o seu maior concorrente, o Galaxy S5, tem uma tela de 13 cm), o novo aparelho traz uma série de refinamentos que devem agradar aos fãs do utilitário.

O novo processador do iPhone usa o chip A8, que possui um tempo de resposta 50 vezes mais rápido que o da geração anterior, o que o torna capaz de executar múltiplas tarefas com mais eficiência, algo muito esperado pelos usuários. O A8 também melhorou a performance da bateria: ele gasta 50% menos energia, o que deixa o novo iPhone com uma carga de cerca de 14 horas usando o 3G – são 24 horas na versão Plus, o que é uma comodidade para quem joga games por horas a fio. Em standby, os aparelhos duram 10 e 16 dias, respectivamente.

A tela, de cristal líquido e com durabilidade reforçada, utiliza a tecnologia Retina HD, que, como o nome diz, é de alta resolução. Já a câmera é de 8 megapixels e vem com um recurso de estabilização de imagens, o que promete facilitar a vida de quem tira fotos em ambientes noturnos. O sistema operacional do aparelho também é novo: o iOS 8, que traz novidades como um app de mensagens de texto e áudio – é a resposta da Apple ao WhatsApp –, um display que mostra todas as tarefas em execução e um teclado para digitação rápida.

Segundo a empresa, o novo iPhone 6 irá custar entre US$ 199 (16 GB de memória), US$ 299 (64 GB) e US$ 399 (128 GB), enquanto o Plus não sai por menos de US$ 299 (16 GB), US$ 399 (64 GB) e US$ 499 dólares (128 GB). Todos os valores são com contrato de operadoras americanas, sendo que o preço de venda do aparelho desbloqueado ainda não foi divulgado.

Apple Watch

Mas as surpresas do evento não ficaram reservadas à nova geração de smartphones. O CEO da Apple, Tim Cook, também apresentou duas invenções que prometem tão ser decisivas para os planos da empresa quanto os updates no iPod e no iPhone: o novo relógio Apple Watch – marcando a entrada da Apple nesse mercado e a consolidação dos relógios virtuais 

O relógio da Apple será vendido em dois tamanhos e em três coleções: Watch, Watch Sports e Watch Edition. A última coleção é a mais refinada, voltado para o público que também faz questão de sofisticação, e é feito em ouro 18 quilates. Todos possuem sensores de saúde e condicionamento físico.


O novíssimo Apple Watch, também apresentado no evento de hoje (Divulgação)

O Apple Watch funciona conectado via Bluetooth a um iPhone e, para usar, não será preciso comprar os dois novos modelos do smartphone da marca, já que que ele também é compatível com os iPhones 5, 5S e 5C.

Totalmente personalizável, ele oferece do relógio analógico com o Mickey ao digital com imagens da lua e dos planetas do sistema solar em tempo real. O relógio também mostra o calendário com os compromissos do dono, envio de mensagem de voz e emojis animados feitos pela Apple.  

A Siri, assistente digital da Apple, as fotos e as músicas alocadas no iCloud ou no iPhone também estarão presentes no relógio inteligente. Uma das maiores diferenças entre ele e os atuais do mercado está a opção de mandar os batimentos cardíacos de um dispositivo para o outro.Os relógios começam a ser vendidos no início de 2015 nos Estados Unidos e, como de costume, ainda não existe uma data para lançamento no Brasil. Lá fora, o mais barato Serpa R$ 349, ou seja, R$ 799.

Novo serviço

Ainda mais auspicioso foi o lançamento do novo sistema Apple Pay. Segundo a explicação da Apple na conferência, a empresa fechou parcerias com as principais operadoras internacionais de cartão de crédito (American Express, Mastercard e Visa) para que os clientes que adotarem o Apple Pay possam usar o celular para efetuar pagamentos, como se fosse um cartão de crédito. Usando a tecnologia NFC, os usuários só precisarão encostar o aparelho num leitor para fazer a compra.

Diante da má repercussão do furo na segurança do serviço iCloud, que armazena arquivos pessoais na “nuvem” da internet – o que causou o vazamento de fotos íntimas de celebridades na semana passada – a questão da segurança dos dados bancários dos clientes foi reforçada pela Apple.

Ainda segundo a empresa, nenhuma informação pessoal ficará armazenada no aparelho. O consumidor irá validar a compra através do seu Apple ID, a “identidade” virtual do usuário no mundo Apple.

Para fechar a apresentação ao melhor estilo da empresa fundada por Steve Jobs, a Apple liberou nada menos que um novo álbum do grupo U2, de forma totalmente gratuita, para os usuários do iTunes. A expectativa agora é: e no Brasil, quando e quanto?

Publicidade
Publicidade