Publicidade
Cotidiano
Remuneração

Saiba qual o momento correto para pedir aumento salarial

Quem um salário melhor? Confira dicas de como convencer o chefe de que merece ganhar mais 02/10/2016 às 10:00 - Atualizado em 04/10/2016 às 08:27
Show aum
Especialista dá dicas para quem ter um dinheiro a mais.
Rebeca Mota Manaus (AM)

Mesmo com o ano difícil da economia e o aumento crescente do desemprego, o momento de pedir o aumento salarial ainda é almejado por profissionais. Existem espaços para bons profissionais se destacarem nas empresas e serem reconhecidos.
 
Nesta hora é considerada a mais delicada para o profissional dentro da empresa, porque envolve não somente coragem, mas principalmente argumentação para convencer o chefe de que ele merece ganhar mais. Para que esse reconhecimento se concretize, é preciso avaliar o trabalho desempenhado, a situação da empresa, os salários do mercado compatíveis com a função, além de saber quando e como pedir.
 
A gerente de Recursos Humanos do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico-INDT e Fundação Paulo Feitosa, Vanessa Milon, dá dicas como se portar na hora de pedir um aumento salarial.
 
Quando pedir?
A hora de pedir um aumento acontece quando a pessoa mostra resultados obtidos dentro da empresa. Analise se você é merecedor do reajuste, se está entregando resultados além do esperado, se cumpre horários, se está presente em todas as reuniões, se realiza todos os treinamentos. Verifique se a empresa possui avaliação de desempenho e plano de carreira e entenda como isso funciona. O momento de pedir é quando a empresa tem reajuste salarial.
 
Como pedir?
A etiqueta profissional é fundamental para marcar e definir o assunto para não pegar o chefe despreparado. Marque uma reunião formal com seu gestor para falar sobre sua condição salarial e vá direto ao assunto, sem rodeios ou indiretas. Motivos pessoais, como a necessidade de remuneração maior pelo nascimento de um filho, por exemplo, não são suficientes para compor um argumento.
 
É importante que o profissional tenha sensibilidade para não pleitear aumento em momentos de mudança interna, fusões ou troca do modelo de gestão. São situações que demandam atenção para outros aspectos e por mais merecedor que o profissional seja, a empresa não será capaz de atendê-lo.
 
Tenha um valor em mente
Chegue com seu chefe com um valor definido. Pesquise em veículos especializados o quanto o mercado está remunerando o seu cargo. Considere também o tamanho e a atual situação da empresa.
 
Argumente

Seu chefe precisa saber das suas necessidades profissionais (informar-se tem possibilidade de crescimento na empresa) e pessoais (afirmar que tal remuneração não está suprindo as necessidades). Mostre também suas competências e comprometimento. Exponha seus resultados e aquilo que está desempenhando para o crescimento da empresa.
 
Saiba Ouvir
Ouça atentamente o posicionamento do chefe, se vai poder dar aumento salarial, além dos feedbacks do trabalho desempenhado e o que pode melhorar.
 

 

Publicidade
Publicidade