Publicidade
Cotidiano
Notícias

Área rural: Rica Zona de Manaus sofre com o abandono e falta de estrutura

As zonas rurais do Estado concentram riquezas naturais e espaços para produção de alimentos que abastecem as feiras de Manaus, mas  sofrem com o abandono e falta de estrutura que permitiriam maior desenvolvimento sócio-econômico  17/02/2013 às 12:58
Show 1
Na ida e volta da escola, crianças que moram no ramal oito precisam descer de ônibus e continuar o caminho à pé porque o transporte escolar não trafega no ramal enlameado
Náferson Cruz Manaus (AM)

Se por um lado os ganhos econômicos projetam Manaus como o 4º PIB (Produto Interno Bruto) entre as capitais brasileiras devido ao Pólo Industrial, na Zona Leste, por outro, sofre diante dos anseios da população associada à falta e planejamento e de infraestrutura para determinadas localidades, principalmente a zona rural, repleta de riquezas naturais e produtivas.

A maioria dessas localidades no perímetro rural são interligadas por meio de ramais em precárias condições de trafegabilidade, incluindo o ramal do Brasileirinho, principal via de acesso a outros ramais, que está em total abandono e virou alvo de constantes reclamações.

Preocupados com a situação por conta do período chuvoso, os moradores cobram ações emergenciais por parte dos órgãos competentes. Eles reclamam que, o início das chuvas, juntamente com a falta de manutenção dos ramais e vicinais, está dificultando o transporte dos estudantes e o escoamento de vários produtos até as feiras e mercados da zona urbana de Manaus, além do turismo no local, que consiste em inúmeros balneários, lagos e pousadas, com boas instalações, mas sem ninguém para visitá-las.

Segundo os moradores, todos os ramais que ligam as comunidades a outros bairros e ao Distrito Industrial 2, sem exceção, encontram-se em estado precário. Além dos produtores rurais, os motoristas de ônibus e caminhões reclamam também que estão colocando em perigo a  integridade física deles e de passageiros ao trafegar em ramais que estão em péssimo estado de manutenção.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).

 


Publicidade
Publicidade