Publicidade
Cotidiano
DIA DOS PAIS

Arsam registra mais de 100 irregularidades nos transportes intermunicipais em operação

Ação de fiscalização que intensificou as vistorias do transporte intermunicipal começou na quinta-feira (09/08) e seguiu até domingo (12/09). 13/08/2018 às 14:29
Show whatsapp image 2018 05 20 at 09.42.48  1  1534184941
acritica.com Manaus

Os fiscais da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam), em parceria com o Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), com a Polícia Militar (PM) e o Batalhão de Policiamento de Trânsito/AM, estiveram presentes nos principais pontos de entrada e saída de veículos da capital, para realizar a “Operação Dia Dos Pais”, ação de fiscalização que intensificou as vistorias do transporte intermunicipal, no período de quinta-feira (09/08) a domingo (12/09).

De acordo com o Departamento de Transporte da Agência, 1.575 veículos foram fiscalizados durante a operação e 16.812 passageiros deixaram a capital no período, o que supera em 47% a quantidade registrada no mesmo período do ano passado de 736 veículos vistoriados e o transporte de 7.890 passageiros. E durante as vistorias, foram constatadas 124 irregularidades, dentre elas o registro de 64 motoristas ou passageiros sem cinto de segurança, 23 automóveis com lotação excedente, 14 veículos em mau estado de conservação, 10 automóveis realizando transporte inadequado de bagagens, além de 8 documentações com licenciamento em atraso e cinco Carteiras Nacionais de Habilitação fora do prazo de validade.

O chefe de Fiscalização da Arsam, Juarez da Costa, explica que quando as irregularidades não são solucionadas no local, são gerados autos de constatação, ou seja, o veículo é notificado e o proprietário recebe o prazo de 48 horas para solucionar a irregularidade.

A Arsam está presente na Rodoviária Huascar Angelim, na Ponte Jornalista Phellippe Daou (Ponte Rio Negro), no entroncamento das rodovias federal BR-174 (Manaus – Boa vista) e estadual AM 010 (Manaus – Itacoatiara) e também no quilômetro 30 da AM 010, a fim de regular, organizar, controlar e fiscalizar o transporte rodoviário intermunicipal para assegurar aos cidadãos o direito de ir e vir, bem como coibir a atividade dos veículos clandestinos. “Todos os usuários dos ônibus ou táxis intermunicipais têm direto ao conforto e segurança durante as viagens, no entanto, a qualidade deste serviço não é encontrada nos veículos clandestinos. Por conta disso a Arsam está atuante nas fiscalizações, para certificar que a população realize viagens seguras, fazendo cumprir as resoluções vigentes e a lei estadual 3006/2005.” conclui o diretor-presidente da Arsam, Walter Cruz.

Publicidade
Publicidade