Publicidade
Cotidiano
Notícias

Artur e Pauderney anunciam metas de educação e suspensão de 55 licitações no Amazonas

Processos feitos na gestão de Amazonino Mendes são suspeitos de irregularidades. Nesta sexta-feira (01), uma creche será inaugurada na Zona Leste 01/02/2013 às 07:52
Show 1
Licitações de 55 creches feitas na gestão de Amazonino Mendes serão suspensas por Artur e Pauderney
Ana Celia Ossame ---

No lançamento do plano de metas para a educação em Manaus deste ano, o prefeito Artur Neto (PSDB) e o secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, anunciaram nesta quinta-feira (31) o cancelamento dos contratos de licitação e a ordem de serviço de construção de 55 creches feitos pela administração anterior.

O aumento do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) das escolas e a redução de 50% da evasão escolar são também metas da nova administração, que promete 256 escolas funcionando em tempo integral no município.

Ainda sobre creches, a prefeitura vai lançar a licitação para a construção de 45 novas unidades. Nesta sexta-feira (01), uma será inaugurada no Jardim Mauá, Zona Leste, e outras quatro serão entregues até o mês de março nos bairros de Santa Luzia, Zona Sul; comunidade Gilberto Mestrinho, Zona Norte; Fazendinha e Jorge Teixeira, ambas na Zona Leste. Artur Neto citou os programas federais de incentivo a construção desses locais e disse que aproveitará tudo o que for oferecido pelo Ministério da Educação (MEC).

O secretário Pauderney Avelino revelou também o objetivo de promover ações nas escolas municipais para fortalecer os alunos que vão realizar a ‘Provinha Brasil’ com o propósito de elevar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) nas séries iniciais dos 4.1 atuais para 5.5 e nas séries finais de 3.1 para 4.5.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).

Publicidade
Publicidade