Publicidade
Cotidiano
SAÚDE

Até fevereiro, Susam vai realizar 1.600 consultas oftalmológicas no interior do AM

Atendimentos vão até dia 7 do próximo mês. Municípios de Atalaia do Norte, São Paulo de Olivença, Amaturá, Santo Antônio do Içá e Tonantins são os próximos a receberem o serviço 28/01/2018 às 13:16 - Atualizado em 28/01/2018 às 13:41
Show consulta
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

O programa Amazonas Saúde Itinerante, da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), realizará entre janeiro e fevereiro deste ano, 1.600 consultas oftalmológicas no interior do estado. Os atendimentos iniciaram no dia 13 deste mês e já alcançaram os municípios de Iranduba, Tabatinga e Benjamin Constant. Os próximos a serem visitados são Atalaia do Norte, São Paulo de Olivença, Amaturá, Santo Antônio do Içá e Tonantins.

Em média, 200 pessoas estão sendo consultadas em cada município. Dependendo da necessidade, o médico faz a indicação do uso de óculos para o paciente, que serão fornecidos gratuitamente pela Susam. 

“As pessoas que precisam de óculos são identificadas pela médica, que envia a receita para Manaus, onde eles serão feitos. Depois, um representante do município vem até a Susam para receber os óculos e entregar aos pacientes”, explica a coordenadora do Programa Saúde Itinerante, Teresa Cristina. 

A lista de pacientes atendidos em cada município é definida pelas secretarias municipais de Saúde, de acordo com a necessidade da população. Com os pacientes definidos, um profissional contratado pela Susam vai à cidade para realizar as consultas. 

“Com esse trabalho, conseguimos atender uma demanda que em muitos municípios é grande, além de evitar que as pessoas se desloquem de suas cidades para Manaus, em busca de consulta oftalmológica”, afirma o secretário de Estado de Saúde, Francisco Deodato. 

O programa Saúde Itinerante permite o acesso da população mais distante da capital ao atendimento especializado em saúde. Em 2017, foram realizadas 5,4 mil consultas oftalmológicas. Deste total, 2,2 mil pessoas apresentaram a necessidade de usar óculos. 

Além das consultas oftalmológicas, o programa ofertou, no ano passado, 4,6 mil exames preventivos, 7,7 mil procedimentos odontológicos, 5,5 mil ultrassonografias, 1,7 mil exames dermatológicos, 4,4 mil testes de olhinho, entre outros procedimentos especializados.

Cronograma de atendimento:

Iranduba (13 de janeiro): 100 consultas
Tabatinga (22 a 24 de janeiro): 300 consultas
Benjamin Constant (25 a 26 de janeiro): 200 consultas
Atalaia do Norte (27 a 29 de janeiro): 200 consultas
São Paulo de Olivença (30 a 31 de janeiro): 200 consultas
Amaturá (1º a 2 de fevereiro): 200 consultas
Santo Antônio do Içá (3 a 5 de fevereiro): 200 consultas
Tonantins (6 a 7 de fevereiro): 200 consultas

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade