Sexta-feira, 07 de Maio de 2021
Auxílio Manauara

Auxílio Manauara começa a ser pago em março para 40 mil famílias

Serão pagas duas parcelas em março



show_DINHEIRO-3_066C209F-CC66-40A4-BD2C-50C5538320A9.jpg Foto: Reprodução / Internet
10/02/2021 às 14:31

 

Um total de 40 mil famílias serão beneficiadas pelo auxílio manauara, programa social lançado nesta quarta-feira (10), na sede Prefeitura de Manaus. O programa vai oferecer renda de R$ 200 para pessoas em situação de pobreza durante o período da pandemia do novo coronavírus. O benefício começa a ser pago em março, quando serão oferecidas duas parcelas: a primeira no dia 05 e a segunda no dia 31 do mesmo mês. As parcelas seguintes serão pagas mensalmente conforme cronograma.



Mas, para ser beneficiada pelo programa, a família deve, primeiramente, se inscrever no site do programa auxilio.am.gov.br .  A inscrição deve ser feita até dia 16 de fevereiro e se encaixarem nos critérios adotados pela Prefeitura de Manaus de acordo com os parâmetros dos bancos de dados  dos programas federais de apoio e assistência social. Quem preferir pode ligar para o Disque Auxílio Manauara, para tirar dúvidas sobre o programa e pelos números 98842-3232 (whatsapp) e 98842-2932/ 98842-4777 (ligação).

Procedimentos

Segundo a Secretária Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania, Jane Mara Moraes, os dados dos inscritos serão cruzados com as informações dos bancos de dados nacionais. "Nossa intenção é que não haja duplicidade de pagamento. Nós estabelecemos critérios como renda até R$178,00, não estar recebendo benefícios assistenciais e estaduais, não pode ter emprego ativo ou estar recebendo auxílio-desemprego", anunciou a secretária.

Os contemplados pelo programa terão seus nomes divulgados a partir do dia 1º de março no site auxilio.manaus.am.gov.br e no Portal da Transparência no site da prefeitura.  E quem for aprovado receberá um alerta de cadastro.

Referência Nacional

David Almeida disse que o modelo de vacinação adotado por Manaus está sendo referendado pela OPAS. "Quando iniciou a vacina o site do ministério não estava funcionando. Foi desenvolvido um aplicativo da Secretaria de Saúde, criando um sistema próprio, no qual detectamos pessoas que já foram vacinadas com a Coronavac e foram infectadas, porque ainda não tinham imunidade. A OPAS também quer acesso ao nosso sistema, criado em poucas horas por Manaus. O Ministério de Saúde está nos recomendando. E as pessoas fazem notícia em Manaus somente com as coisas ruins, precisam se ater às coisas boas. Fazem questão de fazer a propaganda negativa de sua própria cidade. Vamos falar das coisas boas", disse.

Terceira onda

Questionado sobre uma possível terceira onda, David Almeida disse que foi procurado por um cientista que não comprovou as sua pesquisas. " Esse cientista mandou um zap pra mim expressando a sua preocupação e falou sobre fazermos um lockdow de 90 dias, que a cada 30 dias iria diminuiria 10% da mortalidade. Chamei dois cientistas médicos e eles perguntaram com quantas pessoas ele fez o estudo. Ele respondeu que fez com 5 pessoas. Tudo sem comprovação científica. Nós não acatamos as sua recomendações. Com relação a 3ª  Onda o que vai resolver é a vacinação. Se tivéssemos mais vacinas, vacinaríamos mais pessoas. Não é a prefeitura que determina quais os grupos a serem vacinados. O que cabe à prefeitura é a execução e, hoje somos, a primeira do Brasil", ressaltou.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.