Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Notícias

Aventura de fé: os jovens amazonenses do Papa

Segundo informações do Coordenador Estadual do ministério jovem da Renovação Carismática Católica, Adan Lopes, 24, cerca de 400 jovens de vários municípios do Amazonas, tais como, Tabatinga, Maués, Parintins, Atalaia do Norte, Urucará, São Paulo de Olivença, dentre outros, saíram de suas casas, sua paróquias e foram ao Rio de Janeiro



1.jpg Mais de 2 mil jovens do Amazonas foram à JMJ
28/07/2013 às 09:12

Não importa a distância, o local em que estão hospedados, a diferença de clima, de idioma, raça ou cor, o que eles queriam era participar da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, estar na presença do Papa Francisco e sair gritando pelas ruas: “Essa é a juventude do Papa”. Que fé é essa que esses jovens professam? Até onde vai essa fé?

Para o agente de defesa civil do município de Tabatinga (a 1.700 quilometros de Manaus), Nilson Gonzales, 28, não existem limites para professar essa fé e que mesmo se a jornada fosse em outro país, ele faria o possível para participar. Gonzales informou que uma caravana de 43 jovens deixaram o conforto de suas casas para dormir em salas de aula, enfrentando o frio do Rio de Janeiro, mas que isso não é problema.

“Fizemos um grande sacrifício para estar aqui, participando no meio de jovens do mundo todo, mas tudo isso é válido. Estamos muito longe das nossas casas, da nossa família, mas pela fé, vamos há qualquer lugar. Este é um momento único em nossas vidas, precisamos ser missionários e levar essa boa nova ao nossos jovens, pois na nossa cidade, 80% da população carcerária é formada por jovens que se envolvem principalmente com o tráfico de drogas”, disse.

Segundo informações do Coordenador Estadual do ministério jovem da Renovação Carismática Católica, Adan Lopes, 24, cerca de 400 jovens de vários municípios do Amazonas, tais como, Tabatinga, Maués, Parintins, Atalaia do Norte, Urucará, São Paulo de Olivença, dentre outros, saíram de suas casas, sua paróquias e foram ao Rio de Janeiro.

“Eles se organizaram, fizeram eventos em suas paróquias, juntaram dinheiro e hoje estão aqui, participando da jornada. Muitos deles, nunca tinham saído de casa, e para assumir esse compromisso de missionários e levar essa boa nova aos jovens dos municípios em que residem, estão enfrentando tudo isso”, disse Adan.

Emocionada, a monitora Lurdiana Medeiros, 22, que reside em Maués, disse que foi a Copacabana ver de perto a passagem do Papa. “É uma alegria inexplicável ver o Papa passar na nossa frente, muita gente chorando, rezando, só estando aqui para sentir isso. Ter esse contato com os jovens de outros países, mesmo sem falar o idioma deles e eles o nosso, a gente consegue se comunicar. É uma linguagem universal. A jornada está acabando e agora vamos nos preparar para a próxima”, declarou.

Último dia

Na missa de encerramento que será celebrada hoje o papa Francisco anunciará o local e a data da próxima Jornada Mundial. Ao final do dia ele terá um encontro com os voluntários e em seguida viaja de volta para o Vaticano, na Itália.

Fé e meio ambiente na JMJ

Fé e Meio Ambiente também foi tema de debate na Jornada Mundial da Juventude. No evento, instituições e ONGs internacionais de Meio Ambiente propagaram a mensagem de preservação da natureza como responsabilidade da fé e da ética religiosa.

Por conta disso, os líderes religiosos firmaram uma parceria com a ONG internacional World Wide Fund for Nature, WWF, para fomentar a educação ecológica dos jovens e discutir a sustentabilidade do evento.

Líder da Iniciativa Amazônia Viva da WWF, Claudio Maretti conta como pretendem sensibilizar o público para a causa do meio ambiente. “Aqui na JMJ, além dessa responsabilidade ou ‘dom’ para cuidar da natureza, como parte da criação de Deus, temos falado da nossa responsabilidade, de todos, de assegurar o direito dos jovens e das futuras gerações a conhecer a beleza e a diversidade das espécies e dos ecossistemas e seus serviços úteis a humanidade”.

Análise Dom José Luiz Vasconcelos

Bispo auxiliar de Fortaleza (CE)

“Francisco nos encanta”

“A Jornada Mundial da Juventude é uma bela expressão de fé da nossa juventude, faz gosto experimentar a vibração desses jovens. Eu tive a oportunidade de caminhar esses dias, percorrer as estações de metrô, as ruas e ver esses jovens em uma vibração, uma alegria muito grande, um testemunho de fé, de carinho ao santo padre e isso nos alegra muito, saber que a igreja é jovem. O papa João Paulo já dizia: ‘A igreja só será jovem, quando o jovem for a igreja’. Nós estamos agora experimentando essa realidade, o jovem que assume a sua identidade cristã católica e isso nos alegra muito. Agora não podemos antepor Francisco a Bento XVI. Andando pelas ruas o povo diz:  ‘Essa é a juventude do Papa’. Não diz essa é a juventude de Francisco ou essa é a juventude de Bento. Diz essa é a juventude do Papa, seja ele quem for, ele é o sucessor de Pedro. O importante é que o sucessor de Pedro está no Brasil, não importa se ele é Bento, Francisco ou João Paulo. Evidentemente que cada um tem  sua maneira de ser. João Paulo era carismático, um homem bondoso,  encantava o mundo. Bento XVI encantava por sua sabedoria,  sua concentração e capacidade de chamar a atenção para a fé. Agora chega Francisco, com sua simplicidade, com a sua humildade, com seu carinho, com seu jeito latino-americano. Evidentemente, nós, latino-americanos, nos identificamos muito mais com Francisco, ele se torna muito mais próximo de nós, mas nós não podemos antepor e tentar fazer comparações que tentam jogar um contra o outro. O jovem não grita, eu sou de Bento ou eu sou de Francisco, eles gritam essa é a juventude do Papa. Estamos vendo essa multidão invadindo o Rio de Janeiro, vibrando, gritando, cantando, testemunhando que somos cristãos católicos. Acreditamos que o saldo será muito positivo, que essa juventude volte tocada pelo Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, disposta a ser missionário. O grande objetivo da Jornada Mundial da Juventude, é proporcionar ao jovem uma experiência de Cristo e torna-lo discípulo e missionário”.

Colaborou: Jaíze Alencar

* Especial para A CRÍTICA

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.