Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020
TRAGÉDIA

Avião ucraniano da Boeing com ao menos 170 passageiros cai na capital do Irã

Primeiros indícios dão conta de que a aeronave possa ter sofrido problemas mecânicos logo após a decolagem, no aeroporto internacional de Teerã. Equipes de resgate dizem que não há sobreviventes



200107234500-iran-plane-crash-exlarge-169_E9CC2754-F0A1-4775-9C57-353E28DAC4E1.jpg Foto: Reprodução/CNN
08/01/2020 às 01:18

Um avião ucraniano com ao menos 170 passageiros e seis tripulantes caiu nesta quarta-feira (8) devido a problemas técnicos logo após ter decolado do Aeroporto Internacional de Teerã, dizem agências de notícias estatais do Irã.

Equipes de resgate foram enviadas para uma área próxima ao aeroporto, onde o Boeing 737 pertencente a Ukraine Linhas Aéreas Internacionais caiu. Reza Jafarzadeh, um porta-voz da Organização de Aviação Civil do Iran, reportou o caso na televisão local.



"O avião está pegando fogo, mas enviamos equipes para ajuda... e talvez possamos salvar alguns passageiros". Porém, logo após, Jafarzadeh admitiu que "O fogo era tão denso que não conseguimos salvar ningúem. Nós temos 22 ambulâncias, quatro ônibus-ambulâncias e um helicóptero no local".

De acordo com o serviço de radar aéreo FlightRadar24, o avião que caiu foi o Vôo PS 752. 

Conforme informações preliminares, o avião estaria com destino a Kiev, na Ucrânia. A fabricante de aeronaves Boeing disse em nota que a companhia estava ciente da tragédia por meio da mídia e que estariam colhendo mais informações.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.