Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
publicidade
3424dddb-5ca3-4d51-93dc-533f3fec94eb_186BA76D-C2EB-46A6-BE9E-883D3FFC3123.jpg
publicidade
publicidade

INFRAESTRUTURA

Baixo investimento em infraestrutura é gargalo para desenvolvimento do País

Segundo a secretária-executiva adjunta do Ministério da Infraestrutura, Viviane Esse, ausência histórica de investimentos em gerou déficit e dívida ao povo brasileiro


19/03/2019 às 14:20

A ausência histórica de investimentos em infraestrutura no País gerou um déficit e uma dívida ao povo brasileiro. A declaração foi dada nesta terça-feira (19) pela secretária-executiva adjunta do Ministério da Infraestrutura, Viviane Esse, durante a abertura das feiras InterModal South América e NT Expo, em São Paulo.

“É tradicional e histórico que o país investe pouco em infraestrutura. Precisamos investir mais. Essa ausência (de investimentos) diminui a competitividade e aumenta o custo Brasil. Temos muitas riquezas e precisamos que elas circulem. Precisamos de corredores de transporte e a integração do país nos diversos modais. Como que a gente vai atacar a infraestrutura através de parceiras com a iniciativa privada”, afirmou a secretária executiva que estava representando o ministro Tarcísio Gomes de Freitas.

Entre as soluções propostas pela secretária executiva para acelerar os investimentos são segurança jurídica, marco regulatório e assegurar condições para que a iniciativa privada realize investimento no Brasil. “Acreditem no País, temos um potencial imenso de crescimento. As portas do Ministério da Infraestrutura estão abertas para ouvir, discutir as soluções”, disse.

O secretário Nacional de Portos do Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni e Silva, ponderou que política pública é feita em campo e “não dentro de escritório no ar condicionado em Brasília”. “Logística de transporte é o meio para economizar e crescer. Discutir com todos os plays e atores para que atendam aos mercados responsáveis”, avalia.

Mobilidade urbana

O secretário Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos do Ministério do Desenvolvimento Regional, Jean Carlos Pejo, defende que mobilidade urbana está atrelada a inovação e a integração de todos os modais. “Prover soluções para que as pessoas se movimentam melhor na cidade caminhando com calçadas e vias e iluminação que dê conforto e segurança na cidade. Onde tem porto tem cidade e a cidade precisa ser bem estruturada. Onde tem turismo tem mobilidade”, declarou.

A 25ª edição da InterModal South America e a 21ª edição NT Expo acontecem simultaneamente nos dia 19, 20 e 21 no São Paulo Expo, na Rodovia dos Imigrantes, em São Paulo. Maior feira do setor de logística, transporte de cargas e comércio exterior reúne 400 empresas de 22 países e mais de 32 mil expositores que buscam a geração de negócios.

publicidade
publicidade
Fiocruz desenvolve exame para identificação da Zika em 20 minutos
Pai de autista cria app para auxiliar desenvolvimento de jovens com o transtorno
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.