Segunda-feira, 17 de Fevereiro de 2020
ANÁLISE

Banco Central dos EUA mantém taxas de juros no mesmo patamar

O primeiro cálculo de evolução do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre de 2017 foi de 0,7% em taxa anual, o pior desempenho trimestral em três anos



EUA.jpg O Fed cumpriu as expectativas e manteve o patamar das taxas de juros (Foto: REUTERS/Kevin Lamarque)
03/05/2017 às 17:04

O Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, cumpriu as expectativas da maioria dos analistas de mercado americanos e manteve o patamar das taxas de juros do país entre 0,75% e 1%, além de ter considerado os dados negativos de consumo e crescimento no primeiro trimestre como "transitórios". As informações são da agência EFE.

"Os fundamentos econômicos que sustentam o crescimento continuado no consumo continuam sólidos", disse o Fed em um comunicado, ao término de sua reunião de dois dias sobre política monetária.



O primeiro cálculo de evolução do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre de 2017 foi de 0,7% em taxa anual, o pior desempenho trimestral em três anos, marcado por uma queda nos gastos dos consumidores.

Apesar disso, o Fed manteve suas previsões de duas altas adicionais dos juros ao longo de 2017, após a realizada em março deste ano, que deixou as taxas entre 0,75% e 1%.

Os analistas não esperavam movimento dos juros por parte do Fed neste encontro e apontam a próxima reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto, marcada para 13 e 14 de junho, como possível data para um novo ajuste.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.