Publicidade
Cotidiano
Notícias

Banco da Amazônia tem R$ 4,6 bilhões para financiar projetos

Segundo o diretor Comercial e de Distribuição do Banco da Amazônia, Gilvandro Negrão, o fundo é operacionalizado através de cinco programas de financiamento 24/01/2013 às 09:17
Show 1
Recursos são do Fundo Constitucional do Norte para financiar os mais diversos projetos
acritica.com ---

Cerca de R$ 4,6 bilhões é o valor disponível para este ano para concessões de financiamentos com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) pelo Banco da Amazônia. Todos os sete estados da Região Norte serão beneficiados. Esta estimativa faz parte de uma das diretrizes do Plano de Aplicação dos Recursos do FNO para 2013, disponível no site da Instituição (www.bancoamazonia.com.br).

Segundo o diretor Comercial e de Distribuição do Banco da Amazônia, Gilvandro Negrão, o fundo é operacionalizado através de cinco programas de financiamento: o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (FNO-Pronaf), o Programa de Financiamento do Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (FNO-Amazônia Sustentável), o Programa de Financiamento para Manutenção e Recuperação da Biodiversidade Amazônica (FNO-Biodiversidade), o Programa de Financiamento às Micro e Pequenas Empresas (FNO-Micro e Pequenas Empresas) e o Programa de Financiamento ao Empreendedor Individual (FNO-Empreendedor Individual).

Emergencial

Mas a grande novidade para este ano é a criação do Programa Emergencial para Enchentes (FNO-Emergencial), que foi criado com o objetivo de reduzir as consequências das enchentes na Região Norte.  Por meio da operacionalização de linhas especiais de crédito será possível promover a recuperação e preservação das atividades dos agricultores familiares enquadrados no Pronaf, produtores rurais e empreendedores afetados pelas enchentes em municípios com decretação de situação de emergência ou de estado de calamidade pública.

O Programa FNO-Emergencial disponibilizará até o dia 28 de fevereiro R$ 107,3 milhões para aplicação. O Banco conta ainda com outras linhas de crédito como o FNO-Pronaf que disponibiliza R$ 930 milhões em recursos, o FNO-Amazônia Sustentável tem R$ 3,1 bilhões para aplicação nos mais variados projetos, o FNO-Biodiversidade com verba de R$ 127 milhões, o FNO-EI que possui R$ 12 milhões e o FNO-MPE com R$ 400 milhões disponível para aplicação em 2013.

A atuação do Banco da Amazônia, no momento da análise dos projetos de financiamento, considera a viabilidade econômica financeira, aderência a política socioambiental do Banco, além da capacidade da geração de emprego e renda.

Publicidade
Publicidade