Publicidade
Cotidiano
Notícias

Banda amazonense é destaque na Jornada Mundial da Juventude

A banda Ministério Luz do Novo Mundo se apresentou durante 45 minutos no primeiro dia do evento, nesta terça-feira (23), no Rio de Janeiro 24/07/2013 às 13:03
Show 1
Após uma longa espera e muita expectativa, amazonenses que foram ao Rio de Janeiro para participar da Jornada Mundial da Juventude se preparam para ‘entrar em ação’
Adriano Silva* Rio de Janeiro

“Estou sem palavras para descrever este momento tão especial na minha vida. Sair de Manaus e vir representar a juventude do nosso Estado aqui no Rio de Janeiro, na Jornada Mundial da Juventude, com certeza é um momento marcante e que jamais esqueceremos”.

Foram essas as palavras da vocalista do Ministério Luz do Novo Mundo, Néia Carvalho, após 45 minutos de show no Festival da Juventude, que é considerado o maior festival de artes integradas do mundo, realizado na tarde desta terça-feira (23), na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Santa Cruz, Rio de Janeiro.

Muito emocionada, Néia tentou descrever esse momento tão especial para a igreja católica. “Assim que subi ao palco, eu senti a presença de Deus muito forte em nosso meio, foi como se estivéssemos sendo abençoados. Estar aqui, participando dessa festa da nossa igreja católica, não tem preço, estou muito feliz”, concluiu.

A coordenadora e baterista do LNM, Carina Omena, também ficou surpresa com a participação do público e a aceitação de todos, que cantavam e dançavam juntos com o ministério. “Foi um momento mágico, ver todos eles dançando nossas músicas, acompanhando nossos dançarinos. Isso mostra a força e a união da nossa Igreja. Hoje foi só o início da nossa missão aqui no Rio de Janeiro, ainda teremos muitos momentos especiais”, declarou.

Representantes

Formado por 13 jovens da Área Missionária Monte das Oliveiras, no bairro de mesmo nome, Zona Norte de Manaus, o LNM, como é conhecido, que faz parte do Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica, foi o único ministério de música católica do Amazonas, convidado a participar da JMJ 2013. No público presente ao evento, católicos de vários cantos do mundo: argentinos, chilenos, paraguaios, portugueses e tantos outros, assim como de várias regiões do Brasil.

Durante a apresentação, o LNM interagiu com o público e teve uma grande aceitação, até pelo ritmo que o ministério adotou: a swingueira e o axé. A caravana mais animada e que, em nenhum momento do show ficou parada, foi a da Bahia, formada por cerca de 30 jovens. A peregrina Flávia de Souza Santos, residente em João Dourado, Bahia, disse estar surpresa com a animação do público. “Este é um momento muito importante, não somente para nós católicos, mas para todo o Brasil, que está passando por esse clima de manifestações. O Papa veio para trazer um pouco de paz. Enfrentamos 36 horas de ônibus pra chegar até aqui. Chegamos ontem e hoje viemos participar desse festival. Adorei essa banda de Manaus, que é muito animada e agitou os jovens, não consegui ficar parada”, disse.

Banda ‘baré’ surpreendeu organização

Os amazonenses da banda cristã Luz do Novo Mundo foram uma surpresa positiva no evento, segundo a voluntária e coordenadora do festival juventude de Santa Cruz, Cristina Glória da Silva Mendes.

“Fiquei impressionada com a organização da Luz do Novo Mundo, eles chegaram como quem não queria nada e tomaram conta da nossa festa. Foi uma grande surpresa para todos nós, pois não conseguimos parar de dançar”, contou.

De acordo com ela, a banda conseguiu conquistar o público e alcançar o objetivo, que era louvar a Deus. “Com presença de palco e uma incrível interação com o público, eles com certeza cumpriram o papel deles: louvar a Deus com muita alegria. Fiquei admirada com a vocalista, ela canta muito e foi muito aplaudida pelo público presente”, disse.

Segundo informações de Cristina, nos dois dias do festival da juventude, pelo menos 12 bandas de todo o Brasil irão se apresentar.

*Especial para A CRÍTICA.

Publicidade
Publicidade