Publicidade
Cotidiano
Conflito

Barco do Instituto Chico Mendes é incendiado em novo ataque de garimpeiros

Ribeirinhos informaram à polícia que a embarcação, ancorada às margens do Rio Madeira, estava sendo incendiada por garimpeiros 29/10/2017 às 17:03
Show barco 123
Foto: Divulgação
Danilo Alves Manaus (AM)

Uma embarcação do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) foi incendiada na manhã de sábado (28) às margens do Rio Madeira, na fronteira do estado de Rondônia com o município de Humaitá, distante 590 quilômetros de Manaus. As informações são do soldado Luís Silva, lotado no 1º Batalhão da Polícia Militar de Calama, distrito de Rondônia, que fica próximo ao local do incêndio.

Conforme o PM, por volta das 8h, ribeirinhos informaram à polícia que a embarcação, ancorada às margens do Rio Madeira, estava sendo incendiada por garimpeiros, durante um novo ataque. Segundo Luís, três servidores estavam no barco durante a situação, mas o soldado não soube informar se houve feridos.

“Nós apenas recebemos o chamado e depois apoio ao instituto junto a Pm de Humaitá. Quando a equipe chegou lá, não havia mais tripulantes e o fogo já tinha sido controlado, inclusive o barco já estava sendo transportado para Porto Velho”, informou.

O incêndio aconteceu menos de 24 horas depois que um grupo de garimpeiros ateou fogo em prédios e carros do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do ICMBio.  A motivação, segundo o subcomandante geral da Polícia Militar, coronel Álvaro Cavalcante, foi a destruição de balsas e instrumentos de trabalho dos garimpeiros irregulares que atuam na região.

Publicidade
Publicidade