Publicidade
Cotidiano
Notícias

Black Friday é grande aposta do comércio para atrair clientes

A ordem é economizar. Os preparativos para a Black Friday deste ano já começaram. Saiba onde encontrar as melhores ofertas 31/10/2015 às 17:40
Show 1
No Millennium Shopping, os descontos chegarão a 70% além do pagamento facilitado. O mesmo percentual é prometido no Amazonas Shopping
Juliana Geraldo Manaus

O dia 27 de novembro traz esperança de recuperação para empresários do segmento de varejo de todo o País. A Black Friday - data tradicional para o varejo norte-americano - chega à sua terceira edição nacional e traz para os consumidores manauaras, boas oportunidades de economizar na aquisição de produtos e serviços com descontos de até 70%, dentro e fora da internet.

Com uma retração de 6,9% nas vendas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o comércio pode ter a sua última oportunidade antes do Natal para reorganizar os estoques e abrir espaço para os lançamentos. Descontos significativos e promoções diversas estarão à disposição dos clientes e prometem ‘turbinar’ o faturamentos de lojas do Centro e dos shoppings da cidade além de movimentar o comércio eletrônico.

Preparativos

Mesmo com quase um mês de antecedência, empresários já começam a se preparar para oferecer preços mais atrativos e assim conquistar os clientes.

A proprietária da loja Lupo, Mercedes Braz, ainda não divulgou as promoções mas adianta que vai investir na data a oferecendo descontos significativos para liberar o estoque. “Vamos oferecer até produtos novos com preços muito bons. O Black Friday já é uma data aguardada pela movimentação que traz ao comércio. É um aquecimento para o Natal”, avalia.

A rede de lojas Amazon Print, que comercializa eletroeletrônicos e produtos de informática em vários pontos da cidade também confirmou sua participação na data. “Queremos elaborar junto com os próprios clientes, por meio das redes sociais, uma lista de desejos. Dentro das nossas possibilidades de estoque, vamos oferecer esses produtos com preços promocionais. Ainda não definimos a margem de desconto, mas no ano passado, os itens estavam entre 12% e 52% mais em conta”, avisa o gerente de marketing do grupo, Raimundo Amaral.

Shoppings 

Enquanto no Centro da cidade, cada lojista deve definir individualmente sua campanha, nos shoppings, a movimentação em torno da data já começou. No Shopping Ponta Negra, por exemplo, cerca de 70% dos lojistas já confirmaram participação na campanha que trará descontos em roupas, calçados, eletroeletrônicos, entre outros itens. No Millennium Shopping, os descontos chegarão a 70% além do pagamento facilitado.

O mesmo percentual é prometido no Amazonas Shopping. O empreendimento terá horário de funcionamento estendido até 23h no final de semana (com exceção de domingo) para atender o público entre os dias 27 e 29 de novembro. Já no Manaus Plaza Shopping, nos dias 27 e 28, os descontos vão de 10% a 50%. Até o momento 40% das lojas do shopping já confirmaram a participação na promoção.

Dicas de compra e venda na web

A organização da Black Friday dá dicas para que consumidores e lojistas aproveitem o evento que antecede o Natal De acordo com o ‘Busca Descontos’, que é o organizador oficial da Black Friday na internet, mesmo com a crise, a expectativa é de que a data movimente quase R$ 1 bilhão no e-commerce em todo o País, um incremento de 12% frente ao ano anterior.

“Mesmo com um crescimento esperado menor do que nas edições anteriores, apostamos que este ano, por conta das circunstâncias atuais, as ofertas serão mais agressivas e será uma boa oportunidade tanto para consumidores quanto para lojistas”, avalia o diretor geral da Busca Descontos, Juliano Motta. Para aproveitar bem a data, ele dá dicas importantes para consumidores e empresários que pretendem fazer bons negócios antes do Natal.

Boas compras

Para quem quer comprar, Juliano explica que é preciso ter atenção especial. “É bom que o consumidor comece fazendo uma lista de produtos para evitar as compras por impulso. Fazer uma pesquisa de preços atuais para comparar com os valores oferecidos no dia também é válido”, sugere.

No dia da promoção, o especialista recomenda que o consumidor entre em sites oficiais e de grandes varejistas, verifique a reputação das lojasem sites como o ‘reclameaqui.com.br’ e avalie o frete para se certificar de que a compra vale a pena. “Se o consumidor se sentir lesado após a compra ou não receber o produto pode fazer denúncias ao Procon, assim como ocorre nas lojas físicas”, ensina.

Vendas

Para os lojistas, o importante é avaliar com antecedência quais produtos poderão ser ofertados com descontos agressivos. Oferecer vantagens para clientes ‘fidelizados’ ou promoções do tipo ‘leve 2 e pague 1’ também pode aumentar o faturamento. “Já para os pequenos empresários uma boa dica é focar em um atendimento diferenciado e investir em um marketing mais localizado na região onde está seu público alvo”, completa Juliano Motta.

Publicidade
Publicidade