Domingo, 20 de Setembro de 2020
CAUTELA

Boa gestão é essencial para solidez do negócio, afirma especialista

Tempos de instabilidade econômica provocada pela pandemia de coronavírus aumentam a necessidade de uma gestão correta para evitar o fechamento do negócio



pulsoEmpresa_Home_TaniaRego_AgBrasil_958DB44F-1BCE-491D-B2D8-989E258CE436.jpg Foto: Divulgação
24/08/2020 às 09:23

Nos últimos meses, devido à pandemia de coronavírus e a necessidade de manter o isolamento social como prevenção à doença, empresas de todos os segmentos têm enfrentado muitos desafios para continuar funcionando. Dados da Pesquisa Pulso Empresa: Impacto da Covid-19, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que desde que iniciou a pandemia 716 mil negócios fecharam as portas no país.

O advogado e professor da Faculdade Santa Teresa, Flávio Espírito Santo, diz que uma boa gestão do negócio, otimizando os recursos nunca foi tão necessário para manter a solidez empresarial. Para ele, a crise provocada pelo coronavírus deixará muitos ensinamentos para os gestores, principalmente, no que diz respeito à importância da segurança patrimonial, como forma de ter fôlego para enfrentar a fase crítica.



O professor ressalta que ter um planejamento de segurança patrimonial fará a diferença entre ‘quebrar’ a empresa ou superar a crise. “Quem se planeja para imprevistos e atua de forma preventiva, acumula reservas de emergência, tem seguro protegendo suas decisões e cria ao redor do seu negócio uma rede de proteção”, destacou.

De acordo com Flávio Espírito Santo, não há receitas prontas para proteção patrimonial, que irão funcionar em todos os casos, mas existem caminhos que costumam dar certo. A primeira orientação é conversar abertamente com um contador ou advogado, que atuem na área empresarial. O contador irá identificar as melhores formas de estruturar a empresa, seja criando fundos de investimento ou holdings (sociedade gestora). “Mesmo no caso de negócios menores, é muito importante ter a orientação de um profissional”, frisou.

O professor reforça que ter seguro é indispensável no planejamento, pois permite que o empresário possua uma rede de proteção para a qual possa recorrer, em caso de imprevistos.

Segundo Flávio Espírito Santo, a advocacia preventiva também é importante no planejamento de segurança patrimonial do negócio. “O profissional do Direito atuará orientando para evitar autuações por parte de fiscalizações realizadas pelos órgãos e, consequentemente, as punições que podem vir”.

O professor recomenda o planejamento patrimonial como parte da rotina de qualquer empresa, independente do tamanho. “Com o apoio de especialistas, com base na legislação vigente e estratégias para serem executadas no momento certo, tornam-se maiores as chances de as empresas passarem pelos momentos de turbulência fortalecidas e protegidas”, ressaltou.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.