Publicidade
Cotidiano
INICIATIVA

Boletins produzidos na UEA analisam dados do PIM e demanda e oferta dos combustíveis

As publicações trazem informações sobre os preços dos combustíveis e dados sobre o Polo Industrial de Manaus 04/07/2017 às 16:44
Show gasolina
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Ajudar a sociedade com informações sobre os preços dos combustíveis e dados sobre o Polo Industrial de Manaus. Com esse intuito a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) divulgou, nesta terça-feira (4), o "Boletim Econômico da Indústria de Transformação do PIM" e o "Boletim Econômico dos Combustíveis do Amazonas". As publicações foram produzidas pelo Observatório do PIM e pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas em Economia (Nepe), respectivamente, ambos da UEA.

O "Boletim Econômico da Indústria de Transformação do PIM" reúne dados e análises sobre a inflação, desempenho da indústria de transformação do PIM, Índice de Confiança do Empresário Industrial do Amazonas (ICEI-AM) e demais indicadores da economia.

Já o "Boletim Econômico dos Combustíveis do Amazonas" reúne dados e análises sobre o comportamento da demanda e oferta de combustíveis (gasolina, diesel) no Amazonas e no Brasil.

De acordo com o coordenador do Nepe, Neuler Almeida, a apresentação dos boletins é um pontapé inicial de pesquisas e análises.

“No Boletim Econômico, pegamos os dados secundários divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, analisamos como o preço está se comportando em relação à demanda e oferta de combustível em Manaus e um panorama no Brasil e disponibilizamos no Boletim”, explicou.

O "Boletim Econômico da Indústria de Transformação do PIM", produzido pelo Observatório do PIM, terá publicação trimestral. Já o "Boletim Econômico dos Combustíveis do Amazonas", produzido pelo Nepe, terá publicação mensal. Ambos serão disponibilizados de forma online no observatoriopim.com.br/ e no https://nepe-economia.wixsite.com/nepe

Assessoramento

O estudante de Ciências Contábeis, Bruno de Melo Ruiz, salienta que a participação dos alunos na produção de conteúdo dos boletins é uma atividade de assessoramento dos professores.

“Pegamos as variáveis macroeconômicas e de conjuntura e, assim, interpretamos para que disponibilizemos as informações com uma linguagem melhor tanto para a indústria e comunidade em geral”, destacou. Ruiz explicou que o objetivo é futuramente fazer previsões econômicas, à medida que o banco de dados esteja mais completo.

Nova publicação

O Nepe está organizando o Boletim de Conjuntura Rural e Ambiental do Amazonas para divulgação no mês de setembro. “Vamos pegar uma série de indicadores para servir de base para pesquisas e fomentar a sociedade com informações”, adiantou o coordenador do Nepe, Neuler Almeida.

Publicidade
Publicidade