Sexta-feira, 15 de Outubro de 2021
Futuro incerto

Bolsonaro diz que será preso, morto ou declarado vencedor

Bolsonaro está atrás de Lula na maioria das pesquisas de intenção de voto para as eleições de 2022



Sem_titulo_6B540482-EE78-4811-98D8-035FAEFD7987.jpg Foto: REUTERS
29/08/2021 às 09:15

O presidente Jair Bolsonaro, disse neste sábado (28), que vê três alternativas para seu futuro: vencer as eleições presidenciais de 2022, morte ou prisão.

“Tenho três alternativas para o meu futuro: ser preso, morto ou vitória”, disse ele, em declarações a uma reunião de líderes evangélicos. Bolsonaro acrescentou mais tarde que a primeira opção está fora de questão. "Nenhum homem na Terra vai me ameaçar".

Os comentários de Bolsonaro vêm enquanto ele questiona o sistema de votação eletrônica do Brasil e ameaça não aceitar os resultados da eleição presidencial do próximo ano. Ele vem pedindo a adoção de votos impressos, dizendo que as urnas eletrônicas são vulneráveis ​​a fraudes.

Bolsonaro está atrás do ex-presidente de esquerda Luís Inácio Lula da Silva na maioria das pesquisas.

No encontro com lideranças evangélicas, Bolsonaro voltou a criticar a Justiça Eleitoral brasileira. “Temos um presidente que não deseja nem provoca ruptura, mas tudo tem limite na vida. Não posso continuar a conviver com isso”, disse.

Bolsonaro também convidou líderes evangélicos para comparecer às marchas planejadas de 7 de setembro em todo o país para apoiá-lo. O enorme bloco eleitoral evangélico do Brasil foi crucial para a vitória de Bolsonaro nas eleições de 2018.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.