Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
SUBSTITUÍDA

Bolsonaro tira Joice Hasselmann da liderança do governo no Congresso

Decisão foi tomada após envolvimento da parlamentar na polêmica disputa sobre a liderança do PSL na Câmara. Ela será substituída pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO)



Capturar_795AAA78-7B14-460A-9C3C-7A46D49079E5.JPG Deputada federal Joice Hasselmann Foto: REUTERS/Amanda Perobelli
17/10/2019 às 20:11

O presidente Jair Bolsonaro decidiu nesta quinta-feira tirar a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) da liderança do governo no Congresso Nacional, após o envolvimento da parlamentar na polêmica disputa sobre a liderança do PSL na Câmara, e irá substituí-la pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO).

A mudança ocorre depois de Joice ter assinado tanto uma lista para manter o deputado Delegado Waldir (GO) como líder do partido na Câmara, como outra para derrubá-lo e substituí-lo por Eduardo Bolsonaro (SP), que é filho do presidente.



“Sendo uma prerrogativa do presidente da República escolher seus líderes para representar o governo no Poder Legislativo, será encaminhada mensagem ao Congresso Nacional informando a substituição da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO) na função de líder do governo naquela Casa Legislativa”, disse o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, à Reuters.

De acordo com uma fonte do Palácio do Planalto, coube ao ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, telefonar para a deputada e comunicá-la de que não era mais a líder do governo no Congresso.

Joice estava se mantendo afastada da disputa direta entre as duas alas do partido, apesar de, na semana passada, ter criticado os colegas que fizeram uma nota em apoio a Bolsonaro. Segundo ela, uma lista com apenas 22 nomes dava a entender que Bolsonaro teria apoio de menos da metade da bancada.

Na quarta-feira, quando as duas alas iniciaram uma disputa para tentar destituir Waldir da liderança do partido, Joice inicialmente assinou a lista a favor dele, mas em seguida também assinou a lista em favor de Eduardo — de quem é desafeto desde a campanha.

Uma segunda lista a favor de Eduardo, feita depois da apresentada por Waldir, porém, não tinha o nome da deputada, o que foi visto como uma traição pelo Planalto.

Em entrevista coletiva, o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (GO), afirmou que a destituição de Joice era uma consequência “natural” da quebra de confiança provocada pelo fato de o nome da deputada não constar na segunda lista.

Ao comentar em seu perfil no Twitter a decisão de tirá-la da liderança do governo, medida já oficializada no Diário Oficial da União nesta quinta, Joice argumentou ter trabalhado pelo governo e chegou a usar o termo “ingratidão” e a falar em traição.

“Deixo a liderança no Congresso com dever cumprido. Articulei reforma da Previdência em todo país, aprovei o PLN que deu ao Presidente da República @jairbolsonaro 248 bilhões de reais e o salvou de um impeachment, contive inúmeras crises. Não me importo com a ingratidão. Meu couro é duro”, publicou a deputada.

“E como eu disse muitas vezes: ‘Eu jamais seria a primeira a trair’. Então, nunca trairia, mas sabia que poderia esperar a traição. Nada me abala. Todas as vezes que tentaram puxar meu tapete eu caí para cima! Então esperem”, acrescentou.

Após as idas e vindas, a Secretaria-Geral da Mesa da Câmara comunicou nesta quinta-feira que Waldir segue como líder do PSL na Casa, mas Vitor Hugo já anunciou a coleta de assinaturas para uma nova lista para mudar a liderança do partido entre os deputados.


Mais de Acritica.com

18 Nov
bradesco_C22DD61C-FE71-4FDD-BB1B-A5B7C048EF01.JPG

TRT11 celebra acordo de R$ 1,1 milhão entre Bradesco e ex-funcionária

18/11/2019 às 11:20

A bancária ingressou com reclamação trabalhista contra o HSBC e o Bradesco em novembro de 2016, pretendendo receber o pagamento de diferenças salariais, horas extras, tempo a disposição da instituição financeira durante as viagens, além indenização pelos danos morais sofridos no ambiente de trabalho


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.