Publicidade
Cotidiano
RESGATE

Bombeiros adotam nova estratégia para busca de carioca que caiu de cachoeira

Equipe de resgate trabalha há nove dias para encontrar o corpo de Michele Santos, que desapareceu no dia 8 deste mês após cair de pedra ao tentar tirar uma selfie na Cachoeira do Santuário 17/07/2018 às 19:15
Show whatsapp image 2018 07 13 at 18.59.09
acritica.com Manaus (AM)

No nono dia de buscas da carioca Michele Santos, de 30 anos, o Corpo de Bombeiros passou a utilizar nova tática para facilitar as buscas na Cachoeira do Santuário, em Presidente Figueiredo. Até agora nenhum vestígio foi encontrado.

A equipe, composta por três mergulhadores e quatro guardas municipais já conseguiu acesso à caverna em que há a suspeita de onde o corpo da jovem deve estar, mas enfrenta dificuldades com a pressão e quantidade da água para explorar a região.

"A equipe acessou novamente a gruta que tem corrente de água dentro. o Sargento disse que a corrente é muito forte ainda, mas que eles já conseguiram acesso. Mas não tem como eles precisarem a distância dentro dessa caverna" explica o sargento Denis Ferreira, da comunicação dos Bombeiros.

A nova estratégia para fazer a busca é uma tentativa de contenção da água para amenizar o volume. Para isso a equipe de busca utiliza sacos de areia.

"Eles estão tentando fazer uma contenção da água, utilizando sacos de areia, mas ainda têm muitas dificuldades na busca. Verificam a possibilidade de diminuir essa quantidade de água para poder fazer uma varredura com maior segurança e precisão".

A carioca está desaparecida desde o dia 8 de junho. Ela caiu de uma pedra da cachoeira ao tentar tirar uma selfie.

Publicidade
Publicidade