Publicidade
Cotidiano
BUSCAS

No 5º dia de buscas por carioca desaparecida, equipes exploram ‘última’ fenda de cachoeira

Bombeiros procuram por Michele Santos, 30, dentro da última fenda que ainda não havia sido verificada na Cachoeira do Santuário, em Presidente Figueiredo 13/07/2018 às 14:57 - Atualizado em 13/07/2018 às 15:12
Show whatsapp image 2018 07 12 at 20.31.50
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

O Corpo de Bombeiros retomou nesta sexta-feira (13) as buscas pela carioca Michele Santos, de 30 anos, que desapareceu no último domingo (8) ao cair dentro da Cachoeira do Santuário, no município Presidente Figueiredo, a 117 quilômetros de Manaus. É o quinto dia de buscas pela turista, que sumiu após cair na cachoeira, ponto turístico da cidade.

Os trabalhos de hoje podem ser decisivos, já que a equipe de resgate tenta explorar a última fenda da cachoeira que ainda não havia sido verificada. “A probabilidade desse corpo estar nessa fenda é muito grande. Ainda mais agora que a água deu uma abaixada no nível, eles (equipe de resgate) vão aproveitar para tentar acessar esse local”, comentou o sargento Denis Ferreira.

O grupo que opera nas buscas pela carioca é composto por dois mergulhadores e quatro guardas municipais. Até então, o acesso à fenda –que fica situada abaixo da pedra que Michele escorregou e caiu – não havia sido explorado por conta do volume e da força das águas na cachoeira causadas pelas chuvas na região. Com fluxo de água muito forte, é um trabalho arriscado.

A entrada na gruta, segundo o sargento Denis Ferreira, vem sendo feita por meio de rapel e é comandada pelo sargento Daniel Ramos de Araújo. As buscas devem seguir até o início do anoitecer desta sexta (13). Até a publicação desta matéria, a carioca Michele Santos não havia sido encontrada e as buscas continuavam no local.

Publicidade
Publicidade