Publicidade
Cotidiano
Notícias

Braga e Melo retornam ao rádio e à TV nesta segunda-feira (13) para campanha eleitoral

Empatados, tecnicamente, no primeiro turno em 43,16% a 43,04%, os dois candidatos ao Governo do Amazonas recomeçam a caminhada à vitória 13/10/2014 às 11:55
Show 1
Braga e Melo votal ao rádio e à TV para apresentar propostas e pedir votos
Janaína Andrade Manaus-AM

Os candidatos ao Governo Estadual que concorrem no segundo turno desta eleição – José Melo (Pros) e Eduardo Braga (PMDB) – voltam a campo, nesta segunda-feira (13), na propaganda eleitoral gratuita na rádio e na TV, com um arsenal de estratégias. Eduardo Braga venceu o primeiro turno da eleição com uma diferença de apenas 1.907 votos em relação a José Melo. O resultado foi 43,16% contra 43,04%.

Nesta ‘segunda guerra’ pelo posto de governador do Estado, cada candidato terá dez minutos na propaganda eleitoral gratuita, tanto na rádio quanto na TV.

O candidato à reeleição José Melo em seu primeiro programa irá, além de mostrar o programa de governo, agradecer aos eleitores os 707.091 votos recebidos que, pela primeira vez na história do Amazonas, levaram a eleição para o segundo turno. Já Braga, que no primeiro turno conquistou 708.868 votos, declarou que trará, hoje, “uma mostra mais detalhada do programa de governo que está sendo elaborado com responsabilidade e compromisso com o Amazonas”.

Para o candidato à reeleição, José Melo, a “vitória” que obteve no primeiro° turno, deve ser festejada todos os dias, por isso hoje apresentará um programa de “muita alegria e agradecimento”. “O nosso programa na segunda-feira (hoje) será em agradecimento aos eleitores, vamos falar um pouco sobre o que queremos fazer pelo Amazonas e a partir deste programa, os próximos já virão com especificidades, um falando sobre o Banco do Povo, outro sobre saúde, segurança, educação, setor primário”, revelou Melo.

Já Braga declarou que irá usar a propaganda eleitoral para difundir ainda mais as propostas de governo. “Afirmamos isso porque nosso programa de governo continua sendo elaborado por milhares de mãos. Continuamos reunindo com todos os segmentos da sociedade, ouvindo, discutindo, ponderando e aproveitando as ideias de profissionais especializados, técnicos de cada área e, o mais importante, o povo do Amazonas”, pontuou.

Para o candidato do PMDB não houve “derrota” no primeiro turno. “Na verdade, não houve empate. Vencemos o primeiro turno da eleição de forma hercúlea (heróica), contra duas máquinas fortes que são a estrutura do Governo do Estado e da Prefeitura de Manaus. Nossos adversários usaram a máquina pública de forma absurda”.

Apoio socialista sem palanque

O candidato à reeleição, governador José Melo (Pros), chega ao segundo turno com o apoio do PSB, selado na quarta-feira, durante coletiva a imprensa na sede da sigla, sem a presença do deputado Marcelo Ramos (PSB), terceiro colocado no primeiro turno. A executiva estadual da sigla formalizou apoio “incondicional” à candidatura de Melo.

O presidente de honra do PSB no Amazonas, Serafim Corrêa, afirmou que pesou na decisão a relação do governo com a Prefeitura de Manaus. Segundo ele, quando o PSB administrava Manaus e Eduardo Braga (PMDB) era governador, a relação “era ruim e conflituosa”. Já Eduardo Braga, que ainda não recebeu o apoio de outros candidatos, criticou a aliança do PSB com o candidato José Melo. Braga afirmou que segue em campanha no segundo turno “com Deus e com o povo”.

Publicidade
Publicidade