Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019
POLÍTICA

Brasil acha positivo o movimento de militares em apoio a Guaidó, diz ministro

"O Brasil apoia o processo de transição democrática e espera que os militares venezuelanos sejam parte desse processo de transição democrática", afirmou o chanceler Ernesto Araújo



venezuela_123_A03DFCF0-03BE-46C1-8242-24E2E87993C3.JPG Foto: Reuters
News thumb afp d084093c bf21 4ede 853c 0cfb6068260d AFP
30/04/2019 às 10:50

O governo brasileiro descreveu como "positivo" o movimento de rebelião de um grupo de militares venezuelanos nesta terça-feira em apoio ao líder da oposição Juan Guaidó e reiterou que apoia o processo de transição democrática no país caribenho.

"É positivo que haja movimento de militares que reconhecem a constitucionalidade do presidente Juan Guaidó. O Brasil apoia o processo de transição democrática e espera que os militares venezuelanos sejam parte desse processo de transição democrática", afirmou o chanceler Ernesto Araújo em coletiva de imprensa em Brasília, depois de se reunir com seu colega alemão Heiko Maas.



Araújo disse ainda que o governo de Jair Bolsonaro está reunindo informações para analisar "a dimensão do que realmente está acontecendo" na Venezuela.

Um grupo de soldados venezuelanos se revoltou nesta terça-feira contra o presidente Nicolás Maduro e em apoio à oposição de Juan Guaidó, que pediu a todas as Forças Armadas para se juntarem a este movimento que o governo denunciou como um golpe de Estado.

O governo venezuelano denunciou o incidente como uma "tentativa de golpe de Estado" e afirmou que a situação está sob controle, apesar de imagens da Tv mostrarem distúrbios nas ruas da capital.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.