Publicidade
Cotidiano
MEDIDA

Brasil mantém ajuda para a Venezuela mesmo com fechamento da fronteira

Segundo o porta-voz da Presidência, o governo brasileiro não identifica até o momento “possibilidade de fricção” na fronteira e mantém o planejamento de levar mantimentos e medicamentos até Pacaraima (RR) 21/02/2019 às 20:13 - Atualizado em 21/02/2019 às 20:16
Show juan 9acc6cfd 0cf8 4ab7 ab4b bce9e06b1f3a
Venezuelano em Pacaraima 21/2/2019 REUTERS/Ricardo Moraes
Por Lisandra Paraguassu - Reuters Brasília (DF)

O governo brasileiro mantém a operação de levar ajuda humanitária até a fronteira do Brasil com a Venezuela, em Roraima, apesar da decisão do governo de Nicolás Maduro de fechar a fronteira nesta quinta-feira a partir das 21h (horário de BSB), disse o porta-voz a Presidência, general Otávio Rêgo Barros.

Segundo o porta-voz, o governo brasileiro não identifica até o momento “possibilidade de fricção” na fronteira e mantém o planejamento de levar mantimentos e medicamentos até Pacaraima.

“O planejamento por parte do governo brasileiro permanece o mesmo, se houver a disponibilidade de meios e motoristas por parte dos venezuelanos”, acrescentando que o plano do governo vai apenas até a fronteira.

Publicidade
Publicidade