Sábado, 28 de Março de 2020
PRODUTOS

Brasil tem 53 produtos com certificação de indicação de procedência, diz IBGE

O primeiro certificado de indicação de procedência foi concedido aos vinhos tintos, brancos e espumantes do Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, em 2002



4-dicas-do-que-analisar-antes-de-assinar-o-contrato-de-empr_stimo-consignado-e1490121889425.jpg
13/09/2017 às 10:32

Quatro novos produtos conquistaram, desde setembro do ano passado, a certificação de indicação de procedência geográfica no país. Segundo dados divulgados hoje (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com o Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (Inpi), agora o país conta 53 produtos certificados de acordo com a região onde são produzidos.

Os novos itens registrados junto ao Inpi são o inhame da região São Bento de Urânia (ES), a erva-mate de São Matheus (PR), as uvas finas de mesa de Marialva (PR) e o mel de abelhas do oeste do Paraná.



O primeiro certificado de indicação de procedência foi concedido aos vinhos tintos, brancos e espumantes do Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, em 2002.

Entre os produtos certificados no país estão café, carne, cachaça, camarão, calçados, queijo e serviços de tecnologia de informação. Vinte estados têm produtos regionais com certificação. O Rio Grande do Sul lidera o ranking com dez produtos, seguido por Minas Gerais, com oito.

Veja aqui com os produtos registrados no país.
 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.