Publicidade
Cotidiano
Alívio

Brasileiros 'presos' na Venezuela são autorizados a voltar para casa

Acordo foi firmado nesta segunda-feira (19) e todas as tardes, um grupo poderá cruzar a fronteira enquanto durar o fechamento 20/12/2016 às 08:40
Show fronteira venezuela  4
Os irmãos Raynilson Rocha e Rainey Rocha ficaram 5 dias impedidos de voltar para o Brasil. Eles chegaram em Manaus na última sexta-feira.
Kelly Melo Manaus (AM)

Um acordo firmado nesta segunda-feira, 19,  entre o Ministério das Relações Exteriores e o governo Venezuelano vai permitir que os brasileiros, que ficaram retidos na fronteira entre os dois países  desde a semana passada, possam começar a voltar para casa legalmente. Um grupo 30 brasileiros já  foram liberados para regressar ao Brasil. 

Com o acordo, todos os dias, às 14h, a fronteira em Santa Elena de Uairén será aberta somente para os brasileiros que estiverem com o nome em uma lista que será entregue às autoridades venezuelanas de fronteira. Essa medida será mantida enquanto durar o fechamento da fronteira. 

No último sábado, o presidente venezuelano Nicolás Maduro, anunciou que as fronteiras de seu país com o Brasil e a Colômbia vão ficar fechadas até o dia 2 de janeiro para evitar uma fuga de divisas. 

Segundo o Itamaraty, o acordo foi garantido em “função das gestões realizadas por meio da Embaixada do Brasil em Caracas e do Vice-Consulado em Santa Elena de Uairén”, ontem. Assim, os brasileiros que se encontram na região de fronteira e desejem retornar ao Brasil devem procurar o Vice-Consulado brasileiro em Santa Elena para incluir seus nomes na lista que será entregue às autoridades venezuelanas diariamente. 

Um  grupo de 30 brasileiros foram autorizados a cruzar a fronteira ontem. Eles foram os primeiros a terem os nomes inclusos na listagem encaminhada pelo Vice-Consulado às autoridades venezuelanas.,

O Itamaraty não confirmou quantos brasileiros ainda estão  impedidos de sair do país vizinho, mas reforçou que o controle das listas será feito todos os dias e que não há limites de pessoas para regressar ao Brasil “desde que estejam na lista do Vice-Consulado a ser entregue às autoridades fronteiriças da Venezuela”. 

Segundo o vice-consulado do Brasil em Santa Elena, estima-se que 100 brasileiros tentam deixar a Venezuela desde o fechamento da fronteira.

Casamento remarcado

Na última sexta-feira, os irmãos Raynilson Rocha, 27, Rainey Rocha, 32, e outros quatro amigos conseguiram voltar para Manaus, após ficarem cinco dias apreensivos por não poderem sair da Venezuela. Por conta do “imprevisto”, Raynilson teve que adiar a festa de casamento que aconteceria na última quinta-feira. “Nós ficamos preocupados porque não tínhamos mais dinheiro em real e as cédulas de bolívares que restaram, não valiam mais. Por sorte, o dono do hotel nos ajudou e acabamos saindo de lá por uma trilha que era bastante perigosa”, afirmou ele. 

Aliviado por ter chegado em casa, agora ele só pensa no casamento, remarcado para hoje. “Graças a Deus está tudo certo e o susto passou”, disse, ao lembra que vai ter que voltar em breve a Santa Elena de Uairén para da baixa no “Permisso”, documento de identificação para estrangeiros na Venezuela”.

Fechamento

 A fronteira venezuelana com a cidade de Pacaraima (RR) está temporariamente fechada desde  dia 12 de dezembro por determinação do governo venezuelano. Este fechamento foi um das medidas anunciadas pelo presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, para ser feito a retirada de uma das células de Bolívar (a moeda local) com maior circulação no País: a de 100 bolívares.  A fronteira deve ficar fechada até o dia 2 de janeiro, conforme anúncio de Maduro, no último sábado. 

30 -  Brasileiros começam a voltar para casa a partir de hoje após conversas do Ministério das Relações Exteriores com o governo Venezuelano. A fronteira será aberta às 14h, em Santa Elena. 

Publicidade
Publicidade