Publicidade
Cotidiano
NOVA OLINDA DO NORTE

Buscas para encontrar irmãos desaparecidos em naufrágio encerram sem sucesso

Após seis dias, bombeiros não conseguiram localizar os dois irmãos de 1 e 5 anos. Naufrágio está sendo investigado 14/03/2017 às 15:15 - Atualizado em 14/03/2017 às 15:57
Show lancha
Acidente deixou duas vítimas em Nova Olinda do Norte (Foto: Divulgação)
acrítica.com Manaus (AM)

Os bombeiros encerraram às 14h desta terça-feira (14) as buscas para encontrar duas crianças de 1 ano e 5 meses e outra de 5 anos desaparecidas após naufrágio de uma embarcação em Nova Olinda do Norte (a 135 quilômetros de Manaus). O acidente ocorreu na última quinta-feira (9). Mais de 20 pessoas estavam na lancha.

Segundo o Corpo de Bombeiros, durante toda a manhã, uma lancha da Marinha com bombeiros e familiares realizou a última varredura no local do acidente.

“Mediante a situação e sendo esgotadas todas as possibilidades, os familiares se conformaram, o que levou ao Corpo de Bombeiros a encerrar as ações”, informou a corporação.   

As buscas duraram seis dias e contaram com quatro mergulhadores do Corpo de Bombeiros.

Acidente

O acidente ocorreu na quinta-feira (9), no rio Madeira. Outros 19 passageiros da embarcação foram resgatados e hospitalizados, totalizando 21 vítimas. Segundo os bombeiros, os dois irmãos desapareceram após a colisão da embarcação com uma balsa.

Segundo a Marinha do Brasil e a Polícia Militar, a lancha chamada Vó Mulata saiu da comunidade de Rosarinho, em Autazes, a 113 quilômetros de Manaus, faria parada em Nova Olinda do Norte, e seguiria viagem para Borba, a 151 quilômetros da capital, quando apresentou problemas e afundou. A comunidade do Rosarinho fica no final da rodovia estadual AM-254, que interliga a BR-139.

As causas do acidente estão sendo investigadas pela Marinha do Brasil.

Publicidade
Publicidade