Publicidade
Cotidiano
PARCERIA

Caixa terá linha de financiamento para quem quiser comprar motocicletas

Acordo entre Abraciclo e o banco público, firmado nesta sexta-feira, prevê várias ações para fomentar o segmento de duas rotas no País 17/03/2017 às 10:33
Show img0017261012
Abraciclo comemorou a parceria como uma conquista grande para o setor (Foto: Evandro Seixas)
acritica.com* Manaus (AM)

Um acordo de cooperação comercial entre a Caixa Econômica Federal e a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) vai permitir que clientes do banco tenham  financiamento para a compra de motocicletas.

O acordo foi firmado nesta sexta-feira, em São Paulo, e prevê vários ações para fomentar o segmento de duas rodas, além da a disponibilização de linhas de crédito a concessionárias e indústrias.

Para o vice-presidente de Estratégia de Produtos de Varejo da Caixa em exercício, Humberto Magalhaes, a parceria entre o banco e a Associação é fundamental para o setor. "Com essa parceria, a Caixa propicia condições ainda melhores de financiamento para os seus clientes que desejam adquirir motos, além de ofertar às concessionárias e fabricantes linhas de crédito mais atrativas, que contribuirão para o aquecimento do setor".

Para as indústrias e concessionárias, a Caixa disponibiliza ainda um portfólio de produtos de crédito PJ, seguros e consórcios, que podem facilitar ainda mais a comercialização de motocicletas e gerar diversos negócios com vantagens para o segmento.

Para o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, "o acordo é uma conquista para o setor, que vem sentindo a alta seletividade na oferta de crédito nos últimos anos. A iniciativa da Abraciclo junto à Caixa vem num momento muito oportuno para estimular os negócios, ampliando a oferta de crédito para os consumidores, o que permitirá acesso ainda mais fácil para compra das motocicletas", disse.

Parceria

Em 2016, o grupo CAIXA, que inclui também o Banco PAN, foi responsável por aproximadamente 25% do mercado de financiamento de motos, com uma aplicação média mensal de R$ 60 milhões e saldo em financiamento de R$ 1,2 bilhão.

*Com informações de assessoria

Publicidade
Publicidade