Publicidade
Cotidiano
Setembro amarelo

Campanha alerta para as causas e combate do suicídio, que é um inimigo silencioso

Manaus vive um mês destinado a ações de conscientização que pretendem evitar um mal silencioso que mata, em média, duas pessoas por semana - quase 100 em um ano: o suicídio 12/09/2016 às 05:00
Show suicidio
Campanha contra o Suicídio em Manaus começou com panfletagem no Largo São Sebastião / Fotos: Clóvis Miranda
Paulo André Nunes Manaus (AM)

Um cruel inimigo silencioso, o tema suicídio é um assunto ainda pouco discutido entre a população. Enquanto isso, segue fazendo vítimas em face de problemas psiquiátricos e da desesperança de muitos em dias melhores.

O Amazonas registra uma média de dois suicídios por semana, taxa que coloca o Estado na 11ª posição entre as unidades da Federação. Dados da Associação Brasileira de Psiquiatria indicam que no Brasil há, por ano, em média 11 mil suicídios, sendo que, em 96% dos casos, as pesosoas que se mataram tinham um diagnóstico de doença psiquiátrica, como transtornos mentais, de humor e depressivos e relacionados ao uso de álcool ou drogas ilícitas.  

Os índices estão vindo à tona este mês, durante a campanha “Setembro Amarelo - Prevenção ao Suicídio”, que é organizada pela Defensoria Pública do Estado (DPE) com apoio da Associação Brasileira (ABP) e Amazonense de Psiquiatria (AAP) e Conselho Federal de Medicina (CFM). 

Em Manaus a campanha foi aberta no último sábado, Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, no Largo São Sebastião, com ações de conscientização sobre a valorização da vida - a primeira foi uma panfletagem sobre as causas mais comuns do suicídio e as possibilidades de prevenção. Participaram psiquiatras, psicólogas da DPE-AM e defensores e defensoras públicas. 

Para lembrar

Importantes prédios públicos, como o Palácio da Justiça e a Assembleia Legislativa (ALE-AM), e praças esportivas como a Arena da Amazônia vão receber iluminação na cor amarela neste mês, em alusão ao Setembro Amarelo. Amanhã, a programação segue na Assembleia Legislativa com palestras de 9h às 12h, e no dia 18, acontece nova panfletagem desta vez no calçadão da Ponta Negra.

Segundo o presidente da AAP, psiquiatra Cleber Naief Moreira, o passo inicial para se combater o suicídio é a conscientização de que este é um problema que é possível prevenir. “A prevenção ao suicídio passa, sobretudo, pela conscientização da população para que se abra o diálogo e se esclareça que existe tratamento que pode evitá-lo”, afirmou, revelando o silencioso problema.
“Dois suicídios por semana parece ‘pouco’ em comparação com a média nacional, mas ainda acreditamos que exista uma subnotificação, onde muitos casos acontecem e não são diagnosticados dessa maneira, mas de outra forma”, explica o psiquiatra Pablo Gnutzmann, vice-presidente da Associação Amazonense de Psiquiatria.

Defensor teve caso na própria família

O defensor público Ricardo Trindade,  coordenador da campanha “Setembro Amarelo - Prevenção ao Suicídio”, disse que o evento visa quebrar o tabu do silêncio sobre o tema. 
E ele tem motivos afetivos para abraçar a campanha : há três anos ele perdeu uma filha, de 16 anos de idade. Hoje, ele procura conscientizar para que outras famílias não sintam a mesma dor.

“Aqui no Amazonas estamos em 11º lugar em números de suicídio. No Brasil há um suicídio a cada 40 segundos. É um problema extremamente alarmante de saúde pública considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Existe um grande tabu, pois é algo que não se costuma falar, comentar, porque por trás existe um estigma muito grande. Mas hoje a visão é outra: ao contrário do silêncio, deve-se falar do problema. Esse seria o melhor modo de ajudar essas  pessoas que têm  tendências suicidas como também atender aqueles familiares que perderam alguém por conta desse gesto extremo”, disse.

Frase

"Para a psiquiatria esse evento é de  extrema importância. Mais de 90% das causas de suicídio estão relacionadas a algum transtorno mental, de humor, depressivo ou de uso de drogas  lícitas e ilícitas”

Pablo Gnutzmann, vice-presidente da AAP

Publicidade
Publicidade