Publicidade
Cotidiano
Consciência Social

Campanha estimula alunos de escolas estaduais a zelar pelo patrimônio público

Projeto implantado em 38 escolas públicas propõe o zelo ao patrimônio para reduzir custos ao Estado 17/03/2016 às 15:19
Show escola 555
Escolas estaduais iniciam a campanha educacional (foto: Divulgação)
Isabelle Valois Manaus (AM)

Para fortalecer a conscientização dos alunos, pais, parentes e a sociedade em geral, ontem em 38 unidades escolares do distrito 3 da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), iniciaram a campanha educacional “Escola: Patrimônio de Todos”. Com esta campanha a coordenação do distrito pretende fazer um balanço geral da economia que cada unidade irá realizar no período de um ano, prazo do acompanhamento da primeira fase da campanha.

A ideia da campanha teve início no ano de 2010 quando, a gestora Hellen Maciel assumiu a coordenação do Distrito 3. “Sempre tive a conscientização de economizar água, luz, bens do patrimônio, pois é preciso pensar no coletivo se daqui alguns anos vamos ter água o suficiente para as necessidades, então sempre busquei meios de levar essa ideia ao trabalho e foi quando assumi a gestão do distrito resolvi colocar em prática”, comentou.

Maciel colocou o projeto em prática e resolveu este ano apresentar a ideia a coordenação geral dos distritos da Seduc como também aos gestores de cada unidade que fazem parte do distrito 3 da secretaria.

“A gestora de todos os distritos irão acompanhar de perto todo o trabalho que será feito nas unidades do 3 e acredita também realizar a campanha nos demais distrito do estado”, reforçou Maciel.

Para apresentar a campanha, a gestora convidou técnicos da Manaus Ambiental como também engenheiros elétricos que realizaram palestras sobre orientação de desperdício desde uma simples torneira pingando além de como reconhecer um vazamento interno.

Houve também a orientação em manter o zelo de carteiras e outros materiais escolares. “Depois dessa orientação a partir de hoje (ontem) todas as 38 unidades do distrito iniciam o trabalho de conscientização que vai além de palestras aos alunos e orientação familiar. A ideia é podermos sair com o projeto de dentro da escola”, reforçou.

O trabalho educativo envolverá a distribuição de cartilhas instrutivas e demais materiais informativos para estudantes e seus responsáveis; realização de palestras para professores e alunos e também a promoção de formações desenvolvidas em reuniões de pais e responsáveis. A campanha prevê ainda a realização de visitas técnicas da comissão de mobilização às 38 escolas inseridas nesta primeira etapa da ação.

Destaque

Inicialmente a campanha será desenvolvida nas 38 escolas públicas estaduais das zonas Centro-Sul e Centro Oeste de Manaus, com a previsão de expandir a mesma proposta para demais escolas da capital e também do interior do Amazonas.

Publicidade
Publicidade