Quinta-feira, 09 de Julho de 2020
INICIATIVA DO BEM

Campanha solidária entrega 300 cestas básicas para comunidades da RDS Rio Negro

Ação é fruto da ‘vaquinha on-line’ criada para apoiar famílias ribeirinhas do Amazonas durante a pandemia



rio_909E06AB-9437-43A2-8DAA-220CAC106F75.jpg Foto: Divulgação
25/05/2020 às 18:27

Uma ação conjunta, no último domingo (24), garantiu a distribuição de 300 cestas básicas e máscaras protetoras para comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Rio Negro. A doação tem como objetivo amenizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus nas populações tradicionais que residem em Unidades de Conservação (UC) estaduais.

A arrecadação de alimentos faz parte da campanha solidária promovida pela Associação das Comunidades Sustentáveis (ACS), da RDS Rio Negro, em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e a Escola Nossa Senhora das Graças (Gracinha), localizada em São Paulo.



Essa é a primeira etapa de entrega de cestas básicas aos moradores da RDS Rio Negro. Ao todo, dez comunidades foram beneficiadas pelas doações de alimentos, máscaras e cartazes informativos sobre o novo coronavírus. Segundo o gestor da RDS Rio Negro, Miquéias Santos, outras nove comunidades, localizadas em outra Unidade de Conservação, também irão receber o auxílio da campanha da ACS na segunda etapa.

“A Sema faz a gestão de 42 áreas protegidas estaduais, entre elas, está a RDS Rio Negro, que tem o turismo de base sustentável como uma das principais fontes de renda da população local. Infelizmente, o coronavírus teve um grande impacto nas famílias que vivem desta atividade. Contamos com o apoio de várias instituições, como o Colégio Gracinha, que sempre traz estudantes de São Paulo para um intercâmbio turístico na RDS”, destacou o gestor da RDS Rio Negro.

De acordo com o presidente da ACS, Viceli Siqueira da Costa, as doações são fruto de uma vaquinha on-line criada pela associação. A meta é arrecadar outras 700 cestas básicas, que irão beneficiar cerca de mil famílias da região.

“Uma das principais preocupações que temos é não deixar o vírus chegar em nossas comunidades. É um momento de união e muitas famílias ribeirinhas precisam de alimentos e material de limpeza neste período de pandemia. Se vocês puderem ajudar com qualquer valor, nós compraremos cestas básicas para essas pessoas. Tudo será feito com transparência e responsabilidade. Esta ação é uma forma de auxiliar quem mais está sendo afetado, contribuindo para que os ribeirinhos fiquem em suas casas, se protegendo desta doença”, afirmou Viceli.

Vaquinha on-line – A Associação das Comunidades do Rio Negro continua com a arrecadação on-line. A meta é angariar R$ 50 mil para a compra de mais cestas básicas para duas Unidades de Conservação do estado. O link para doação é https://abacashi.com/p/cestas-basicas-para-comunidades-do-rio-negro-ma.

Plantação de mudas nativas - Além de ajudar diretamente o povo que cuida da floresta, o doador também pode contribuir com o reflorestamento da Amazônia. A cada R$ 50 doados, a ACS plantará mudas nativas da região em áreas degradadas.

A ideia de plantar mudas nativas veio para ajudar a diminuir a extração ilegal de madeira. Sabemos que muitos serradores estão aproveitando o momento para extrair o nosso maior tesouro: a árvore. Vamos reflorestar aquilo que foi retirado durante o coronavírus e ajudar a Reserva”, explicou o presidente da ACS.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.