Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2021
SAÚDE

Câncer de útero: Conheça os sintomas e o tratamento da doença

O câncer de colo de útero é o 3º mais comum entre mulheres no Brasil



barruiga_A1D3AB4B-8F01-4057-8A37-9B5CE0052A2E.JPG Foto: Divulgação
04/12/2020 às 18:54

Na última quarta-feira (02) a apresentadora Fátima Bernardes revelou que foi diagnosticada com câncer no colo do útero, também chamado de câncer cervical. A partir da divulgação da doença, o assunto foi um dos mais comentados nas redes sociais. Segundo a apresentadora, o tumor está na fase inicial e ela deve tirar uns dias de licença para fazer uma cirurgia.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), cerca de 80% da população mundial será acometida por pelo menos um dos tipos de HPV ao longo da vida, e mais de 630 milhões de homens e mulheres (1:10 pessoas) estão infectados. No Brasil, acredita-se que haja de 9 a 10 milhões de infectados por esse vírus e que, a cada ano, 700 mil novos casos ocorram.



Segundo o INCA, aproximadamente uma mulher morre a cada 60 minutos de câncer de colo de útero no Brasil: são 16.370 mil novos casos e 8.079 mortes a cada ano. O câncer de colo de útero é o 3º mais comum entre mulheres no Brasil. Estima-se que para cada ano do biênio 2018/2019 haverá um risco de 15,43 casos a cada 100 mil mulheres.

*Amazonas*

No Amazonas, o Registro Hospitalar de Câncer da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (RHC/FCecon) fecha os dados de mulheres com câncer de colo de útero com um tempo de dois anos.

Dessa forma, os últimos dados são de 2017 e 2018. Em 2017 foram registrados 708 casos de câncer de colo de útero tratados na fundação. Em 2018 foram 768 casos.

A professora aposentada, Sebastiana Tavares é moradora do município de Coari, interior do Amazonas e foi diagnosticada com câncer de colo de útero há dois anos, hoje ela já está curada, mas se lembra que a luta até vencer a doença é longa.

“ Quando soube da notícia tomei um choque muito grande, mas procurei logo me tratar enquanto havia tempo, mudei minha qualidade de vida e a atenção à saúde. Tive que ir à Manaus para me tratar e para realizar minha cirurgia, foi quase seis meses de tratamento intenso, após tudo isso com muita fé eu me recuperei e até hoje nunca mais me descuidei, sempre faço exames periódicos”, disse a aposentada.

Tipos

O câncer de colo do útero pode ser dos seguintes tipos: carcinoma de células escamosas, que representa 70 a 80% dos casos; adenocarcinoma, de células pequenas e o sarcoma uterino, que é um tumor formado a partir de músculos, gorduras e tecidos fibrosos. Esse tipo de câncer uterino geralmente é descoberto quando já está em um estágio avançado. A realização de exames preventivos, como o Papanicolau, aumenta as chances de um diagnóstico precoce e de cura. A colposcopia e a biópsia são exames que também podem ser realizados para o diagnóstico.

Para o tratamento do câncer de colo do útero podem ser realizados três tipos de procedimentos: cirurgia (tais como a criocirurgia, cirurgia a laser, conização, histerectomia, traquelectomia, extração pélvica ou dissecção dos linfonodos pélvicos), quimioterapia e radioterapia.

Vacinação

A vacinação preventiva está disponível para a população pelo SUS para meninas de 9 a 14 anos. O câncer de colo de útero tem quase 100% de prevenção com vacinação, diagnóstico e tratamento.

News arquipo goes 2c317e75 17b0 4df4 8ca8 d44839069971
Repórter do acritica.com
Jornalista formado pelo Centro Universitário do Norte (Uninorte), natural do município de Coari-AM

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.