Publicidade
Cotidiano
Notícias

Candidatos do concurso de juízes do TJAM farão prova da segunda etapa nesta quarta(4)

Candidatos aprovados na primeira etapa farão prova na Escola de Tempo Integral Gilberto Mestrinho 02/09/2013 às 19:30
Show 1
Prova da segunda etapa do concurso é na quarta-feira
acritica.com(*) ---

A segunda etapa do concurso de Juiz de Direito Substituto do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) será realizada nesta quarta-feira (4/9), com a aplicação da primeira prova discursiva (P2), que terá a duração de cinco horas, no horário das 13h às 18h (horário local de Manaus). O concurso é regido pelo Edital nº 001, de 11 de março de 2013, organizado pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Dos quase mil candidatos que fizeram a primeira prova, em 17 de julho, 258 foram aprovados e convocados para a segunda etapa, e farão a prova na quarta-feira, na Escola de Tempo Integral Gilberto Mestrinho, na Avenida Leopoldo Péres, no bairro Educandos. São oferecidas 31 vagas para o cargo, com vencimento de R$ 19.535,27.

O candidato deve consultar seu local de prova, por meio de consulta individual, pelo link http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/tjam13/nivel-superior. A lista de candidatos convocados para a prova discursiva (P2) está disponível no portal do TJAM, na seguinte ordem: número de inscrição e nome do candidato em ordem alfabética.

No dia da prova, o candidato deve comparecer com antecedência mínima de 60 minutos do horário marcado para o seu início, munido de caneta esferográfica azul ou preta, de ponta grossa, do comprovante de inscrição e de documento de identidade original, preferencialmente aquele utilizado no ato de sua inscrição.

A prova terá 25 questões, relativas a noções gerais de Direito e formação humanística e sobre pontos específicos do programa para Juiz Substituto estadual. As normas e procedimentos aplicados à prova discursiva (P2) estão no item 9.4 e seguintes do edital.

Há quase nove anos o Tribunal de Justiça do Amazonas não realizava concurso para juiz substituto. Quando assumiu em julho de 2012 a Presidência do TJAM, o desembargador Ari Jorge Moutinho da Costa disse que a realização de concurso da instituição era compromisso de sua gestão, para reduzir o déficit de juízes nas Comarcas amazonenses e proporcionar maior celeridade ao Judiciário estadual. Atualmente, 30 Varas do interior não possuem juiz titular e trabalham com um magistrado respondendo pela unidade judiciária.

A próxima etapa será a prova de sentença (P3), nos dias 13 e 14 de novembro, de caráter eliminatório e classificatório.

Primeira etapa

A prova objetiva (P1) do concurso para juiz substituto foi aplicada em 17 de julho, em Manaus, e o resultado final da prova objetiva foi divulgado em 16 de agosto, após o julgamento dos recursos em sessão pública, ocorrida em 15 de agosto.

A prova objetiva (P1) continha cem questões de múltipla escolha, dividida em três blocos: 40 questões do Bloco I (Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito do Consumidor, Direito da Criança e do Adolescente, e Registros Públicos); 30 questões do Bloco II (Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional, Direito Eleitoral e Legislação do Estado do Amazonas); 30 questões do Bloco III (Direito Empresarial, Direito Tributário, Direito Ambiental, Direito Administrativo e Língua Portuguesa).

Esta etapa recebeu 442 recursos apresentados contra 67 questões, de um total de cem questões da prova escrita objetiva. Após análise, quatro questões foram anuladas: 04, 10, 36 e 67, por decisão unânime dos membros da comissão. As questões 04, 10 e 67 foram anuladas por admitirem mais de uma alternativa correta e a questão 36, por apresentar conteúdo incongruente e dificultar a interpretação por parte dos candidatos.

Participaram do julgamento os juízes Mateus Guedes Rios e Joana dos Santos Meireles, o advogado Jairo Bezerra, representante da Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Amazonas (OAB/AM), sob a presidência do desembargador Aristóteles Lima Thury.

(*) Com informações da Divisão de Imprensa e Divulgação do TJAM

Publicidade
Publicidade