Publicidade
Cotidiano
Notícias

Candidatos do Enem burlam as regras e postam fotos nas redes sociais durante as provas

No edital do certame foi determinado claramente que as fotos feitas de si mesmos, da prova ou do cartão de respostas, mesmo sem estarem preenchidos, estariam permanentemente proibidas, sujeito a eliminação do candidato 08/11/2014 às 14:50
Show 1
Sem permissão, candidatos postam as primeiras fotos da prova do Enem de 2014 nas redes sociais
Gabriele Bessa ---

Mesmo depois de todas as recomendações terem sido feitas no edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), assim que os portões das escolas foram fechados, neste sábado (8), as primeiras fotos feitas por candidatos durante a prova começaram a ser publicadas nas redes sociais.

No edital foi determinado claramente que as fotos feitas de si mesmos, da prova ou do cartão de respostas, mesmo sem estarem preenchidos, estariam permanentemente proibidas com risco de eliminação do candidato. No entanto, muitos dos participantes burlaram essas regras.

Alguns dos “desobedientes” postaram fotos do cartão e caderno de respostas, expressando as expectativas no exame e o tédio durante a espera da realização da prova. “Vamos de Enem”, publicou um dos candidatos ao mostrar a foto do caderno de respostas, de uma caneta e seu RG. “Entediado esperando a prova começar”, lamentou outro ao publicar a foto do cartão resposta na página do Instagram.  

Ainda seguindo as regras do edital, os participantes que portarem qualquer um dos objetos proibidos durante a prova, como máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, pen drives, mp3 ou similar, gravadores, relógios, alarmes de qualquer espécie ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens, que fizerem postagens de texto nas redes sociais ou trocarem mensagens eletrônicas ou por e-mail, também estão sujeitos à eliminação.

As provas do Enem também serão aplicadas neste domingo (9), em 1,7 mil cidades brasileiras, incluindo Manaus. O exame tem 8,7 milhões de inscritos.

Publicidade
Publicidade