Publicidade
Cotidiano
Notícias

Candidatos que disputam 2º turno podem retomar campanha a partir das 17h de hoje

Volta a ser permitida a distribuição de material de propaganda política, carreatas, comícios e o uso de alto-falantes ou amplificadores de som. Já a propaganda eleitoral na rádio e TV começam as 19h de terça (7) 06/10/2014 às 14:21
Show 1
No Amazonas, novo governador será escolhido em segundo turno entre Eduardo Braga (PMDB) e José Melo (Pros)
Yara Aquino (Agência Brasil) Brasília (DF)

Definido o cenário do segundo turno das eleições, os candidatos podem retomar a propaganda eleitoral já a partir da tarde desta segunda-feira (6), quando completar 24 horas do encerramento da votação nas eleições, 17h no horário local. Volta a ser permitida a distribuição de material de propaganda política, carreatas, comícios e o uso de alto-falantes ou amplificadores de som.

No caso da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão, a veiculação é permitida 48h após a proclamação do resultado do primeiro turno pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ou seja, a proclamação deve ocorrer na sessão marcada para as 19h de terça-feira (7), de acordo com o TSE. A legislação eleitoral estabelece o dia 11 de outubro como data-limite para o início da propaganda eleitoral no rádio e na televisão.

O prazo para final da divulgação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão é o dia 24 de outubro. Esse é também o último dia para a realização de debates entre candidatos. A véspera da eleição, dia 25, é a data final para propaganda sonora, distribuição de material gráfico, caminhadas e carreatas. O segundo turno está marcado para o dia 26 de outubro.

Haverá segundo turno na disputa para a presidência da República entre os candidatos Dilma Rousseff (PT), que obteve 41,59% dos votos, e Aécio Neves (PSDB), que ficou com 33,5%. No Amazonas, o novo governador do Estado também será escolhido em segundo turno, com disputa acirrada entre Eduardo Braga (PMDB) e José Melo (Pros), que tiveram 43% dos votos válidos, cada um, nas urnas amazonenses. 

Publicidade
Publicidade