Sábado, 29 de Fevereiro de 2020
CRIME

Cantor Melvino Júnior foi assassinado pelas costas, afirma delegado

Outras três pessoas foram atingidas quando o cantor e dentista foi assassinado. Corpo está a caminho de Manaus e velório deve começar às 20h



JR.jpg Júnior em apresentação este ano em Manaus, na Banda do Gargalo (Foto: Reprodução)
30/04/2017 às 16:53

O cantor Melvino de Jesus Júnior, vocalista da 'Jr. e Banda', foi assassinado com tiros pelas costas. A informação é do delegado Mariolino Brito, do Departamento de Polícia do Interior (DPI), que acompanha, de Manaus, as investigações do crime.

De acordo com o delegado, outras três pessoas foram atingidas no momento em que Júnior foi baleado, na noite deste sábado. Um deles é o músico Rafael Esteves, da banda SambaKiss, que também se apresentava na Festa do Açaí, em Codajás.



Segundo o delegado, os três feridos já foram trazidos para Manaus de lancha, mas não há informações detalhadas sobre o estado de saúde deles.

Ainda de acordo com Mariolino, uma testemunha do crime, que estava com Júnior e os outros rapazes atingidos atingidos pelas balas, está sendo ouvido nesta tarde na delegacia de Codajás.

O responsável pelos disparos ainda não foi identificado pela polícia, que segue investigando o crime.

O corpo de Júnior deve chegar a Manaus entre 18h e 19h deste domingo. Ele está sendo trazido de lancha e será velado na Funerária Canaã a partir das 20h. O sepultamento deve ser realizado amanhã.

Com a carreira consagrada como músico, Melvino Júnior tinha 42 ultimamente vinha morando em Coari,  onde exercia seu trabalho como cirurgião-dentista em uma Unidade Básica de Saúde (UBS).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.