Publicidade
Cotidiano
ENCONTRO

Carlos Lupi divulga em reunião planos do PDT para o Amazonas nas eleições de 2018

O governador do Estado faltou ao encontro de militantes desta quinta-feira (25); presidente nacional da sigla quer Amazonino Mendes como candidato à reeleição 25/01/2018 às 21:21 - Atualizado em 26/01/2018 às 07:07
Show pdt
Foto: Evandro Seixas
Vitor Gavirati Manaus (AM)

Principal nome do PDT no Amazonas, o governador Amazonino Mendes faltou na reunião com militantes da sigla na noite desta quinta-feira (25), na sede do diretório estadual do PDT, na Zona Centro-Sul de Manaus. No encontro estava o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, que disse estar confiante que Amazonino aceite o convite para concorrer à reeleição ao cargo de governador do Estado.

A ausência de Amazonino não foi justificada, mas segundo o titular da Secretaria de Estado de Habitação (Suhab), Diego Afonso, o governador disse por telefone que se sentiu representado pelas lideranças que estavam presentes.

Em seu discurso, Lupi informou que o objetivo do PDT para o Amazonas nas eleições deste ano é eleger dois deputados federais, 3 ou 4 deputados estaduais e reeleger o governador Amazonino Mendes.

Sobre a possibilidade de o governador rejeitar o convite, Lupi disse estar confiante no aceite da liderança amazonense. “Eu sou um homem de muita fé. Eu tenho certeza que, com o tempo, vamos convencê-lo e vamos ganhar de novo”, respondeu.

Durante seu discurso aos militantes do partido, Lupi afirmou que Amazonino não tinha a intenção de disputar as Eleições Suplementares para governador em 2017. "Amazonino não queria se candidatar a governador, vim aqui algumas vezes e convenci ele", disse.

O deputado Hissa Abrahão, presidente estadual do PDT, também comentou a possibilidade de Amazonino disputar sua décima eleição. “O tempo do Amazonino é o tempo da gestão. Ele está focado na administração. E o tempo do partido é o de convencê-lo a disputar a reeleição”, finalizou.

Ciro Gomes para presidente

Se o plano do PDT para o poder executivo do Amazonas é reeleger Amazonino, para o nacional é eleger Ciro Gomes. "A pré-candidatura dele foi lançada há um ano e meio. Além de reeleger Amazonino, pretendemos fazer daqui (o Amazonas) uma boa base para Ciro Gomes ter uma votação expressiva", afirmou Lupi. "Ciro presidente vai ser uma bênção para este estado", finalizou.

Publicidade
Publicidade