Publicidade
Cotidiano
AÇÃO SOCIAL

Casamento coletivo em loja reuniu 16 casais no último feriadão em Manaus

Cerimônia ecumênica foi realizada pela concessionária de veículos Via Marconi 10/09/2018 às 21:39 - Atualizado em 11/09/2018 às 08:02
Izabel Guedes Manaus (AM)

Um Sete de Setembro fora do comum. Foi assim o dia de 16 casais que selaram a união na noite da última sexta-feira (7) em um evento realizado pela concessionária Via Marconi, no bairro de Flores, Zona Centro-Sul de Manaus. O casamento coletivo contou com a presença de familiares e amigos que compartilharam do momento de alegria e felicidade dos noivos e noivas funcionários da empresa.

O evento, patrocinado pela loja, surgiu após um encontro nacional de todas as filiais do Brasil e a ideia era poder investir em uma causa social, explica Amarildo Pontes, gerente geral da empresa. “Ganhamos um prêmio, entre todas as lojas do Brasil, e isso tinha que ser investido em alguma coisa em prol de todos, para o bem da coletividade. A gente pensou em muita coisa e então após algumas ideias, surgiu o casamento coletivo, pra gente poder proporcionar esse momento único aos casais. A gente que sempre sonhou com isso, mas com as condições financeiras atuais não tinha como realizar. Para nós é muito gratificante fazer isso. Poder concretizar esse sonho. Acho que cumprimos o desafio e a tarefa de agradar a todos”, disse Pontes.

Para o jovem casal Alessandre Lopes, 24, e Giliane Almeida, 31, a emoção e a gratidão foram muito grandes. Os dois, que vivem juntos há três anos, sempre tiveram o desejo de casarem de papel passado, mas ainda não tinham conseguido realizar. Giliane, que é funcionaria da loja, descreveu sua emoção em participar de um dia tão especial. “Sempre tive vontade (de casar). É uma coisa que toda mulher sonha, mas nem sempre é possível realizar e hoje eu estou muito feliz em poder fazer isso hoje. Agradeço a empresa por ter nos proporcionado isso. É uma felicidade sem tamanho”.

Para o noivo, a expectativa e o agradecimento são fora do comum. “A gente se conheceu na faculdade e hoje, viver isso com amigos e roda a família é muito emocionante. Registrar esse momento é uma coisa que sempre tivemos vontade. A gente agradece a oportunidade única”, falou o noivo Alessandre, extasiado de alegria.

Com a mesma alegria, o casal João Araújo, 51, e a esposa Lucivânia Pinheiro, 48, estavam radiantes. Eles vivem juntos faz mais de 20 anos e, com a iniciativa da Via Marconi, puderam oficializar a união. “É uma emoção enorme. A gente agradece as pessoas que tiveram a ideia. Foi um sonho realizado. Sou muito grata em poder esta aqui hoje e selar esse amor”, conta Lucivânia que trabalha na empresa há 16 anos.

O esposo disse que, além da gratidão, o ato simboliza o amor e a benção de Deus para eles e os demais casais. “É um sentimento de realização. É algo que faltava. A benção de Deus. Apesar de estarmos tanto tempo juntos isso aqui hoje foi um projeto de Deus para nós e todos os que estão aqui. Resgatar o valor do casamento. É muito emocionante juntar as nossas vidas e ser ainda mais feliz”, contou.

A cerimônia ecumênica foi celebrada por um pastor e um padre. O padre Amarildo Luciano disse já ter feito vários casamentos coletivos, mas nunca em uma loja de carros. “A gente vem celebrar o amor. Mesmo sendo um evento social a gente vem abençoar essas pessoas. Selar o amor e o casamento que é uma benção de Deus”, ressaltou.

Publicidade
Publicidade