Publicidade
Cotidiano
Notícias

Caso Pablo Pietro: Josias confessa ter jogado filho no Rio Negro

Dessa vez, a admissão do crime foi gravada em vídeo. Isso porque o canoeiro já havia confessado informalmente o crime e depois negado em depoimento 09/09/2015 às 17:18
Show 1
Josias confessou a delegado ter jogado bebê no rio
Joana Queiroz e Rafael Seixas Manaus (AM)

CONFIRA A CONFISSÃO DE JOSIAS E AS DECLARAÇÕES DO DELEGADO SOBRE O CASO

O canoeiro Josias de Oliveira Alves confessou na tarde de ontem (8) ter jogado o filho dele, o bebê Pablo Pietro, de apenas quatro meses de idade, no rio Negro no dia 14 de agosto.

A confissão aconteceu durante uma oitiva com o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), delegado Ivo Martins.

A admissão do crime foi gravada em vídeo pelo delegado, já que antes o canoeiro havia confessado o crime informalmente e depois negou. Após confirmar a autoria do crime, Josias, que já está preso preventivamente, recebeu nova voz de prisão em função da confissão.

Inicialmente, ele disse ter confessado porque a mãe dele estava sendo ameaçada. Depois, voltou atrás dizendo que tinha mentido sobre a ameaça.

PRESOS

O canoeiro e a ex-companheira Cleudes Maria Batista de Moraes, a “Cléo”, 22, mãe do bebê - estão presos temporariamente numa cela da DEHS, localizada na avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste. Para a reportagem, o delegado disse que só deve falar oficialmente hoje sobre o ocorrido 

PRIMEIRA VERSÃO

No dia 24 de agosto, Josias já havia confessado informalmente ao delegado ter jogado a criança no rio. Entretanto, por orientação dos seus advogados, ele não confessou o crime em depoimento formal. A informação foi repassada pelo delegado Ivo Martins para a reportagem da TV A Crítica.

No dia 3 de setembro, mentiras e pontos divergentes nos depoimentos dos pais fizeram o delegado Ivo Martins solicitar a prisão preventiva de Cleudes Maria Batista de Moraes.

Cléo teve o mandado de prisão preventiva decretado pela juíza da 1ª Vara do Tribunal do Júri Mirza Telma de Oliveira, que não quis comentar a sua decisão dizendo que as investigações estão sob sigilo de Justiça.

Prisões

Josias está preso desde o dia 21 de agosto, quando se apresentou a polícia. A prisão preventiva dele havia sido decretada três dias antes. Cleudes está presa há seis dias. Ela foi presa no momento em que iria participar de uma nova acareação com Josias.

Publicidade
Publicidade