Publicidade
Cotidiano
TECNOLOGIA

Celulares com telas dobráveis e múltiplas câmeras são apostas do segmento mobile

As promessas de mercado apostam em uma conectividade ainda mais instantânea e profunda entre seus clientes 05/03/2019 às 17:33 - Atualizado em 08/03/2019 às 08:28
Show mobile 0c396351 c8fb 4e64 99f7 e1b19df00a46
Foto: Divulgação
Nícolas Marreco Manaus (AM)

2019 será um ano de produtos inéditos e lançamentos históricos para o mercado de celulares no mundo. Da estreia da velocidade de rede 5G – que pode ser até 20 vezes mais rápido que o atual 4G – a smartphones dobráveis, uma mescla de tablet e celular em um único dispositivo. As promessas de mercado apostam em uma conectividade ainda mais instantânea e profunda entre seus clientes.

O Congresso Mundial de Dispositivos Móveis (MWC 2019), que ocorreu na semana passada, mostrou prévias de alguns planos comerciais. A Samsung comemorou uma década da linha Galaxy e apresentou dois novos produtos: O Galaxy S10 5G e o Galaxy Fold, com câmera tripla que filma vídeos em Ultra High Definition tem uma tela dobrável de 7.3 polegadas.

“Para a próxima década planejamos nos concentrar em inteligência artificial, realidade aumentada e novos displays. Lançamos a primeira tela dinâmica Amoled, que aumenta a percepção das cores e temos um calendário especial para atualizar todo o segmento mobile no Brasil para este ano”, destacou o gerente sênior de produtos da divisão de dispositivos móveis, Renato Citrini.

Junto à expectativa de implatação da rede 5G em parceria com as operadoras de telefonia estão os novos smartphones das empresas que se transformam em tablets. O Galaxy Fold tem previsão de lançamento comercial no segundo trimestre deste ano enquanto que o Mate X, da chinesa Huawei ainda não tem um mês certo para entrar nas lojas do País.

O aparelho de oito polegadas tem perfomance referencial quando se trata de velocidade, segundo o chefe de negócios para o consumidor, Richard Yu. “Ele consegue baixar um filme de 1 GB em três segundos”, garantiu. O aparelho está previsto para valer em média de US$ 2,6 mil no mercado.

Já o setor de smartphones da LG aprimorou o seu sistema de áudio adaptado à tecnologia Qualcomm Snapdragon 855, que acrescenta qualidade nos áudios bluetooth com baixa latência, além do model para otimizar a cobertura da rede de conexão. A tecnologia Dual FOV à Z Camera é outro ponto forte, em que permite o controle da profundidade de imagens com sensor infra-vermelho em 3D.

Diversificação tecnológica

“O cliente desse segmento está mais exigente depois dos últimos lançamentos das empresas. Eles não vão só à loja para pesquisar preços, mas navegam no online, conhecem tendências, comparam nas redes sociais com os amigos. Um ponto que pode ser estratégico para as empresas no mercado brasileiro é promover um item com atributos robustos, mas sem mexer muito no preço. Os celulares dobráveis, que têm múltiplas inovações, podem chegar a preços de até R$ 10 mil no Brasil, devido aos impostos, contudo, o fabricante que se ater no marketing e na diversificação tecnológica sem elevar os valores dos produtos vai melhor atender o consumidor final. Sobre o 5G, ainda é uma realidade distante, que ainda precisa de investimentos grandes”, afirmou o analista de mercado mobile, Renato Meirelles.

Publicidade
Publicidade