Publicidade
Cotidiano
PREVENÇÃO

Check up oncológico é indicado para prevenir doenças em mulheres

Na véspera do Dia da Mulher, comemorado nesta quarta (8), especialistas orientam sobre principais exames indicados na prevenção ao câncer para o público feminino 07/03/2017 às 20:37 - Atualizado em 07/03/2017 às 20:56
Show exame0333
A partir dos 50 anos, as mulheres também devem fazer exames de rastreamento para os tumores no intestino. Foto: Reprodução/ Internet
acritica.com Manaus

A correria do dia a dia com o trabalho, família e estudos faz com que muitas mulheres deixem em segundo plano os cuidados preventivos com a saúde. Na véspera do Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta quarta-feira (08), especialistas orientam sobre o check up oncológico, ou seja, os principais exames indicados na prevenção ao câncer, para o público feminino.

O médico Manoel Coelho, que atua na clínica Oncológica Cirurgiões, explica que dos 20 aos 50 anos o câncer é menos frequente. É nessa faixa etária que é possível diagnosticar lesões que antecedem a doença na sua forma maligna. “Por isso, o acompanhamento médico é primordial para a prevenção”, ressalta.

Entre os exames essenciais para a manutenção da saúde feminina estão a colpocitologia oncótica ou exame de papanicolau, que deve ser feito a partir do início da vida sexual. Para quem possui histórico de câncer de mama na família, a recomendação é realizar o exame de mamografia e ultrassonografia dez anos antes da idade que a doença foi diagnosticada no parente, que pode ser mãe, avó ou irmã. O Ministério da Saúde recomenda que o exame de mamografia seja realizado anualmente a partir dos 50 anos para o rastreamento da doença.

A partir dos 50 anos, as mulheres também devem fazer exames de rastreamento para os tumores no intestino, como a colonoscopia.  Manoel Coelho destaca que, além do câncer de mama e do colo de útero, que são os mais incidentes no país, existem outros tipos da doença que merecem a atenção das mulheres, como o câncer de intestino e de pulmão. “O câncer de intestino é mais frequente no público feminino e, geralmente, surge na faixa etária de 50 a 60 anos. Se diagnosticada no estágio, inicial a doença tem entre 90% a 95% de chance de cura”, frisou.

Segundo o médico, a dieta rica em carne vermelha e gordura animal pode aumentar o risco de câncer de intestino. Por outro lado, dietas ricas em fibras tem potencial para prevenir esse tipo da doença.

Para as mulheres que fumam e consomem bebidas alcoólicas, são indicados os exames de endoscopia digestiva alta, raios X ou tomografia do tórax, que podem diagnosticar o câncer de pulmão. A orientação dos médicos é que as mulheres também consultem regularmente o dermatologista, para prevenir o câncer de pele.

Como minimizar os fatores de risco às doenças
- manter uma dieta balanceada, evitando o consumo exagerado de gordura animal e carnes vermelhas

 - praticar atividade física regularmente

 - não fumar

 - ingerir bebida alcoólica com moderação 

- usar preservativo em todas as relações sexuais

 - vacinar-se contra o HPV (no caso do colo uterino)

 - usar protetor solar diariamente (para proteger a pele)

 - examinar a mama regularmente.

*Com informações da assessoria. 

Publicidade
Publicidade