Publicidade
Cotidiano
TERRORISMO

Chega a oito o número de mortos em atentado em Nova York

Um homem em uma caminhonete atropelou várias pessoas no sudoeste de Manhattan 31/10/2017 às 18:46 - Atualizado em 31/10/2017 às 18:50
Show 636450838299294995
A área onde ocorreu o atropelamento foi rapidamente isolada pelas forças de segurança. Foto: Justin Lane/EFE
Agência Brasil Nova York (USA)

Oito pessoas morreram no atentado ocorrido nesta terça-feira (31) no sudoeste da Ilha de Manhattan. Segundo as autoridades de Nova York, um homem cometeu um “covarde ato de terrorismo” ao atropelar várias pessoas com uma caminhonete. Algumas delas estavam em uma ciclovia, perto da margem do Rio Hudson. A informação é da agência EFE.

Até o momento, as autoridades confirmaram que uma pessoa foi detida. A área fica a poucas quadras de onde ficavam as Torres Gêmeas, alvo do maior atentado terrorista da história dos Estados Unidos da América (EUA) em em 11  de setembro de 2001.

De acordo com duas fontes do governo dos Estados Unidos, o incidente está sendo tratado como um ataque terrorista e o FBI se juntou à polícia de Nova York na investigação, segundo a agência Reuters.

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, disse que parece ter sido um ataque terrorista "covarde". Em entrevista coletiva ao lado do prefeito, o comissário da polícia de Nova York, James O'Neill, afirmou que o motorista era um homem de 29 anos. Ele disse que as autoridades não divulgariam a identidade dele imediatamente, conforme a Reuters.

O Departamento de Polícia da Cidade de Nova York disse em uma publicação no Twitter que um veículo atingiu outro, e então o motorista de um dos veículos "saiu exibindo imitações de armas de fogo e foi baleado pela polícia".

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi informado do ataque, segundo a Casa Branca.

Publicidade
Publicidade