Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
Notícias

Chega a sete o número de vítimas do 'Galã do Instagram'

Laércio Castro de Oliveira, 27, tem mais sete mulheres na lista de vítimas nas redes sociais. Apesar de roubar, Galã do Instagram tem vida boa e ostenta objetos caros. Só o tio dele, Ronaldo Alves Duarte, 37 foi preso



1.jpg Laércio (de óculos) tem boa pinta e tio foi preso na última quarta-feira (19)
27/03/2014 às 21:12

Já chega a sete o número de vítimas do “Galã do Instagram”, Laércio Castro de Oliveira, 27, que está sendo procurado pela polícia desde a última quarta (19). Laércio usa redes sociais e aplicativos de celular para conquistar e enganar mulheres, que acabam vítimas de assaltos arquitetados por ele mesmo com ajuda do tio, Ronaldo Alves Duarte, 37, que já está preso.

De acordo com o delegado Eduardo Paixão, do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Laércio tem vários registros em delegacias da cidade como vítima de assalto, sempre no primeiro dia de encontro com mulheres. Ele não possui CNH e ostenta nas redes sociais uma vida de luxo com roupas, viagens e muitas festas.

“Ele costuma dar ‘curtidas’ em fotos das vítimas (redes sociais) durante um mês e a vítima faz a mesma coisa. Os dois começam a conversar, criam vínculo, e aí ele aproveita e pede para vê-la pessoalmente. É nesse momento que ele combina o crime com o tio”, explicou o delegado, que disse ainda que acredita que Laércio possa ter feito mais vítimas.

Única que escapou

Uma das vítimas do conquistador, *Letícia Prado, 22, disse à reportagem do MANAUS HOJE como escapou do assalto: “Eu sou a única vítima que ele não roubou”, disse Letícia.

A jovem disse que o conheceu em 2012 através do Facebook e desde então o tinha adicionado na rede social. No entanto, só em janeiro deste ano que ela foi quase roubada pelo homem. Letícia disse que foi encontrada por Laércio por meio do Instagram, que a adicionou e pediu para conhecê-la pessoalmente.

“Ele mandou mensagem no Instagram e eu falei para ele falar comigo pelo Facebook. Ele disse que não usava o Facebook, aí eu dei meu ‘WhatsApp’”, contou Letícia. Os dois marcaram encontro e Laércio foi buscá-la em casa, no bairro Parque Dez, em seu Citroen C3 preto. “Ele me pegou em casa e disse que tinha que sacar dinheiro. Aí fomos até o supermercado Carrefour de Flores”.

Ao chegarem no local, Ronaldo apareceu e a vítima só escapou do roubo porque gritou. “Eu acho que ele ficou com medo, se desculpou e disse que era tio do Laércio, e que tinha me confundido com a ex-namorada do sobrinho dele”.

A última vítima de Laércio foi na quarta-feira (19), quando *Melina Silva, 38, estava em um motel com ele. Ela também o conheceu no Instagram e fugiu do carro dele porque pulou na rua. Ronaldo foi pego por populares e Laércio fugiu.

O delegado Eduardo Paixão disse que Laércio possui uma situação financeira boa e Ronaldo é usuário de drogas. Laércio gosta ainda de frequentar boas festas e dava “dicas” aos assaltantes. “Ele falava ‘você não tem um celular? Dá logo para ele’, para fazer o ‘assaltante’, que era o tio, ir embora”, explicou.

*Nomes fictícios para preservar a identidade das vítimas

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.