Segunda-feira, 06 de Abril de 2020
Notícias

Cheia do Rio Negro pode atingir o número de 29,89 metros

Caso atinja este número, essa será a segunda maior cheia do Estado após a enchente registrada no ano de 2012



1.jpg O número foi apresentado durante uma coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (1°)
01/06/2015 às 15:53

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) divulgou o terceiro boletim da cheia do Rio Negro na manhã desta segunda-feira, 1° de junho, às 10h, na sede da instituição – localizada na Avenida André Araújo, Zona Centro-Sul. De acordo com o informativo, a cota do dia 31 de maio foi de 29,37 metros, podendo atingir ao máximo 29,89 metros, o que seria a segunda maior cheia do Estado após a enchente de 2012.

Segundo o superintendente regional do CPRM, Marco Antônio de Oliveira, esta previsão é o teto máximo. “Nós trabalhamos com o intervalo médio de 29,59 metros. Fica mais fácil de acerta este número, conforme vai se aproximando o fim da cheia. Acho difícil atingir os 29,89 metros, pois depende da quantidade que choverá na Bacia do Rio Negro. Na calha do Médio Solimões, em Tabatinga, por exemplo, o rio já está descendo”, explica.



Em Manaus, os bairros mais atingidos com a cheia do Rio Negro são Educandos (Zona Sul), Mauazinho (Zona Leste) e São Jorge (Zona Oeste).  As chuvas previstas para a bacia do Rio Negro nos meses de maio e junho devem determinar se a cheia na capital será acima do normal.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.